Publicidade

Petrolândia: Assis Ramalho entrevista Daniel Agra, Superintendente Federal da Pesca e Aquicultura em Pernambuco

Na manhã desta segunda-feira, 27 de maio, o Superintendente Federal da Pesca e Aquicultura em Pernambuco, Daniel da Costa Agra, representante do Ministério da Pesca e Aquicultura em nosso estado, esteve presente no município de Petrolândia, onde conheceu experiências de sucesso de pescadores e piscicultores do município.

O evento, que aconteceu na Câmara de Vereadores, reuniu o Prefeito Lourival Simões, Secretários Municipais, vereadores, pescadores, piscicultores e representantes do Banco do Brasil e do Banco do Nordeste.

Na ocasião, foi apresentado o Plano Safra da Pesca e Aquicultura do Governo Federal, e debatido com o público presente.

Ao final da reunião, a reportagem do Blog de Assis Ramalho fez entrevista exclusiva com o Superintendente Daniel Agra.

Na entrevista ele diz que o encontro foi excelente porque teve a oportunidade de ver as instituições que estão interligadas e querendo investir em Petrolândia. Segundo Daniel, o município de Petrolândia tem tudo para se tornar um celeiro de investimentos e um dos maiores produtores de peixes em tanques de rede. A declaração de Daniel Agra ratifica a opinião de seu antecessor na Superintendência, José Telino, entrevistado por Assis Ramalho em meados de 2012. 

Também na entrevista, entre outras ações, o Superintendente fala sobre a liberação de R$ 600 mil para o ProRural, destinado a cursos de capacitação para os pescadores e aquicultores.

Acompanhe a baixo na íntegra a entrevista:

Pedimos que o Superintendente fizesse uma avaliação da reunião realizada em Petrolândia:

"Boa tarde, meu caro Assis Ramalho. Quero dizer que foi uma honra estar aqui em Petrolândia, falando sobre o Plano Safra da Pesca e Aquicultura. O encontro foi excelente e maravilhoso, porque tivemos a oportunidade de ver as instituições que estão interligadas e querendo investir aqui em Petrolândia. O município de Petrolândia tem tudo para se tornar um celeiro de investimentos e se tornar um dos maiores produtores de peixes em tanques escavados, e em tanques-rede. A tilápia nós sabemos que vai ser a solução para o nordeste Brasileiro, especialmente para o nosso sertão de Pernambuco."

Perguntamos como o pescador terá acesso aos R$221.709,05 liberados para os pescadores e aquicultores do município, através de empréstimos: 


"Esse dinheiro é emprestado individualmente. O pescador vai lá com a sua carteira de pescador, com a DAP-Declaração de Aptidão ao Pronaf, com um projeto, e, através do Banco do Brasil ou do Banco do Nordeste, ele retira o dinheiro na sua própria conta para investir na pesca. Com isso, ele vai poder comprar o seu barquinho, o seu motor, e os apetrechos necessários para que ele possa pescar."

Procuramos saber sobre o Plano Mínimo de R$ 2.500 de empréstimo, e os demais planos que cada pescador tem direito e como o pescador poderá pagar. 

"Esses R$ 2.500 a que o pescador tem direito é o Pronaf B, em que a pessoa tira 2.500 reais no Banco do Nordeste ou Banco do Brasil, tem seis meses de carência e dois anos para pagar. Pagando em dia, ele vai pagar somente R$ 1.700. Portanto, é um plano que beneficia o pequeno produtor, para que ele possa ter uma ajuda para produzir o seu pescado, para ajudar a família, podendo fazer alguma coisa. Então, esse é o Plano Mínimo de R$ 2.500. Mais ele pode pegar R$ 10 mil, 15 mil, 20 mil, 30 mil, dependendo da classificação da DAP, dependendo do projeto que ele quiser." 

Lembramos que na sua palestra na Câmara, ele falou sobre a importância de o sertanejo aprender a multiplicar o peixe:

"Jesus não multiplicou boi, não multiplicou bode e não multiplicou porco. Jesus multiplicou peixe, nos dando uma grande lição. Então, nós podemos ser um dos maiores produtores de peixe de Pernambuco, e a tilápia é um peixe sagrado. Dela se aproveita tudo, meu caro Assis. Se aproveita a espinha para fazer farinha, se aproveita a pele para fazer bolsas, cintos e calçados, se aproveita o intestino para fazer biodiesel. Inclusive, eu estou aqui neste restaurante para comer uma buchada de tilápia. Da tilápia também se aproveita a escama, e até as fezes da tilápia se aproveita para alimentar camarões." 

Sobre sua promessa de estar, a partir de agora, à disposição para fazer o melhor em prol dos pescadores e aquicultores de Petrolândia:

''Nos vimos o desejo do prefeito e da Câmara de Vereadores em investir na aquicultura e na pesca aqui em Petrolândia e, com isso, eu quero adotar Petrolândia como uma cidade onde se pode fazer investimentos. Aqui nós temos uma grande lâmina d'água, onde nós temos um local propício para se produzir peixe. Portanto, também temos que enfrentar os entraves das licenças e de tudo que mais há. Mas sabemos que já existem quatro licenças prontas para se poder produzir o peixe. Eu acredito que estamos próximos de ser um dos grandes produtores do Sertão." 

Sobre a liberação de R$ 600 mil para o ProRural fazer cursos de capacitação para os pescadores e aquicultores:

"Já foi liberado, através de convênio, R$ 600 mil para qualificação dos pescadores através do ProRural. O ProRural vai qualificar e fazer com que o pescador aprenda outras formas de ganhar dinheiro, porque não é só a carne do peixe. Existe, por exemplo, joias feitas da escama do peixe. Então, a gente tem muito o que aprender e o ProRural vai qualificar os pescadores e filhos de pescadores."

Finalizamos a entrevista, agradecendo ao Superintendente Federal da Pesca por atender a reportagem do Blog de Assis Ramalho e por ter vindo a Petrolândia:

"Assis, pra mim foi um prazer. Eu dei uma olhada no seu Blog e achei maravilhoso. O bom é que existem pessoas maravilhosas feito você, que promovem o progresso da sua cidade, e isso é muito importante. A Internet é um meio de comunicação muito grande e eu quero lhe parabenizar porque eu lí as notícias do seu Blog, eu ví a formação do Blog, e gostei de tudo que ali estava. Então, eu é que lhe agradeço pela oportunidade de estar aqui, em Petrolândia, sendo entrevistado por você, que tem trabalhado pelo bem estar desta cidade. Eu quero que você me mande por e-mail toda essa reportagem que você está fazendo, para que eu possa mostrar lá em Brasília essa reunião que aconteceu hoje com os pescadores e aquicultores aqui em Petrolândia. Ainda vamos vir aqui para trazer mais projetos e, no que depender de mim e do Ministério da Pesca, nós estaremos juntos para trazer progresso para esta cidade. Então o meu muito obrigado e que Deus possa abençoar todos vocês de Petrolândia’’. 

Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Comentários

Publicidade