quarta-feira, 28 de junho de 2017

Petrolândia: Prefeito Ricardo Rodolfo informa articulações realizadas no Recife e comenta preocupações com obstáculos à gestão do Município

Ricardo Rodolfo, prefeito de Petrolândia (foto: Lúcia Xavier/Arquivo BlogAR)

Em nota, o prefeito de Petrolândia, Ricardo Rodolfo (PR), informa sobre as visitas e articulações realizadas durante a semana passada, desde a terça-feira (20), no Recife, onde visitou secretarias estaduais e tentou audiência com o governador Paulo Câmara. Na agenda do prefeito, visitas à AMUPE (Associação Municipalista de Pernambuco) e no TCE-PE (Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco). 

O prefeito, cuja viagem também envolveu cuidados com sua saúde, ainda aponta os principais obstáculos à sua gestão, que vão além da queda vertiginosa das receitas do Município.

Abaixo, a íntegra da nota do prefeito Ricardo Rodolfo.  

Desde terça da semana passada, tive vários compromissos no Recife; Encontro na AMUPE, visitas a secretarias de governo e ao tribunal de contas do estado, aos nossos deputados, consultas médicas para mim e a esposa. Lá na AMUPE (Associação dos Municípios de Pernambuco), buscando assessoria e ideias criativas para ajudar o município (José Patriota, Prefeito de Afogados [da Ingazeira], nosso presidente sempre a disposição para ajudar).

Nas secretarias de governo, tentando achar os caminhos para convênios e programas sociais onde poderíamos achar recursos e serviços para melhorar nossa cidade, lembrando também da promessa do nosso Governador em ajudar o nosso hospital [Municipal Dr. Francisco Simões de Lima] (as despesas são enormes e a quantidade de pessoas em busca de atendimento só aumentando (Temos por obrigação constitucional de investir 15%, mas há vários anos nossa prefeitura gasta mais de 25%). 

No Tribunal de Contas, com os nossos deputados o alvo é o mesmo: FAZER O MELHOR PELA E CIDADE, CUIDAR DOS INTERESSES DELA E DESSA FORMA TENTAR MELHORAR A VIDA DA NOSSA POPULAÇÃO. 

Quanto à minha saúde e família, quem deve cuidar dela? Quem se colocará no meu lugar e me ajudará? Eu mesmo, minha família e, claro, os médicos. Desde janeiro, acordando cedo e dormindo tarde, atendendo e somatizando para dentro de mim tanta coisa, o corpo começou a sentir; dores e cansaço, esgotamento físico e mental... e agora, nos últimos dias dificuldades emocionais (a dor de ter que afastar do quadro de funcionários tantas famílias, para que meu índice na LRF seja o adequado para o Tribunal de Contas, a pressão psicológica das cobranças sociais, as demandas dos vereadores, que mesmo avisados da real situação do município me enviam cerca de 108 indicações para serem realizadas, denúncias indevidas ao Ministério Público nos levando constantemente a parar tudo para respondermos à Promotoria e ao nosso Juiz da Comarca, cidade politicamente dividida (famílias e amigos, uns ainda no calor do debate político partidário, outros na torcida do quanto pior melhor), o vício na política nacional, estadual e municipal (interesses egoístas e não republicanos me cercam, como cristão afeta a minha paz com Deus e com minha alma). 

Quando à licença médica, ainda não precisei efetivamente, estou trabalhando, despachando apenas com secretários de governo. Jane, minha vice, tem me ajudado muito na minha ausência, sempre com boa vontade, visitando com minha esposa as secretarias e alguns projetos em andamento, ela e seu esposo, o ex-prefeito Marquinhos, são amigos e me ajudam como podem. Lourival Simões também, com sua experiência, quando consultado nunca se negou em ajudar a gestão. 

Estamos diante do aniversário da cidade, que será agora neste final de semana, mesmo com limitações, estarei cumprindo o meu papel de gestor e filho desta terra. Escreverei um texto em homenagem à cidade nos próximos dias, parabenizando e profetizando dias melhores para ela e todas as suas famílias. 

Abraço em todos. Deus nos abençoe na Terra de Esperança.

Ricardo Rodolfo
Prefeito de Petrolândia


0 comentários:

Postar um comentário