domingo, 31 de março de 2013

Petrolândia: Mirante da Serrota recebe devotos de São Francisco de Assis na Sexta-Feira Santa

Estrada para o Mirante da Serrota
Fotos: Assis Ramalho e Lúcia Xavier
Sol nascente sobre cruz estendida no cenário da crucifixão
Estátua de São Francisco de Assis, assinada por José Faustino
Devoção: Muitas velas acesas desde o início do dia
Procissão da Via Sacra sobe a Serrota
Encenação da morte de Jesus Cristo
Padre Giovanni Malacrida: Reflexão sobre significado da ressurreição
Há momentos em que o espaço fica pequeno para as velas
Ex-votos: Agradecimentos pelas graças recebidas
Demonstrações de fé: Orações a São Francisco
Em Petrolândia, a estátua de São Francisco de Assis, situada no Mirante da Serrota, ponto mais alto da cidade, é local de peregrinação de fiéis e devotos do santo dos pobres, padroeiro da Ecologia e do município. Santo que também dá seu nome ao rio que banha a cidade. A escultura em granito é obra de José Faustino, de Brejo da Madre de Deus, no Agreste de Pernambuco, famoso pelas obras expostas no Parque de Esculturas de Fazenda Nova.

Anualmente, na Sexta-Feira da Paixão, a imagem de São Francisco de Assis recebe mais visitas do que em 04 de outubro, data dedicada à sua memória pela Igreja Católica. O fluxo de fiéis é maior devido à Procissão da Via Sacra, que termina no Mirante da Serrota, enquanto as celebrações da Festa do Padroeiro, iniciadas no final de setembro, e procissão de São Francisco de Assis, realizada no dia 04 de outubro, não têm o Mirante da Serrota no roteiro. 

Para ler a matéria completa, clique em "mais informações" abaixo.



Nesta Sexta-Feira Santa, dia 29, como citamos nas postagens anteriores, a reportagem do Blog de Assis Ramalho visitou o Mirante da Serrota em dois horários naquele dia: pouco depois das 5h00 da manhã e por volta do meio dia. Registramos diversas impressões sobre a devoção das pessoas que procuram a Serrota para algo além de olhar e fotografar a paisagem e de iniciar o feriado nas barracas do Mirante da Serrota.

Não sabemos se pelo sol e calor fortes ou por ser costume fora de moda, é cada vez mais raro, mas ainda possível, ver pessoas descalças subindo à Serrota em agradecimento às graças recebidas. Por sua vez, os ex-votos (partes do corpo curadas por intercessão do santo) esculpidos em madeira, atualmente não são mais encontrados, sendo substituídos por partes de bonecos. Mais fáceis de encontrar aos pés do santo são pequena imagens e outras peças, como hábitos franciscanos, usados pelos devotos para pagar promessas a São Francisco de Assis.

O local, como ponto de peregrinação, recebe visitantes de diversos locais. "Mãe, isso é o mar? Mãe, eu quero ir lá!", disse uma jovem - compreensivelmente admirada com a vista do lago da represa de Itaparica - à sua mãe, enquanto admirávamos nelas a simplicidade das vestes, dos modos e da fé, imagens mais do que raras para os nossos olhos e para o nosso tempo. 

Para ver o álbum de fotos do Mirante da Serrota na Sexta-Feira Santa, clique abaixo.
Da Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Assis Ramalho e Lúcia Xavier


0 comentários:

Postar um comentário