sábado, 3 de março de 2018

Suspeito de vazar fotos de Paolla Oliveira se entrega à polícia, diz colunista

Operador de câmera teria registrado as imagens durante os bastidores da gravação

O operador de câmera free-lancer que compartilhou as imagens íntimas da atriz Paolla Oliveira se apresentou à polícia. A informação foi divulgada pela coluna do Uol, Notícias da TV, de Daniel Castro. O suspeito prestava serviço para a produtora independente O2, contratada pela Globo, e teria registrado as imagens durante os bastidores da gravação para uma cena da série Assédio, inspirada na vida do médico Roger Abdelmassih.

Ainda de acordo com o colunista, o operador confessou o crime para a polícia. Ele não dá detalhes sobre qual delegacia o suspeito se entregou ou se foi acompanhado de algum advogado. Nas fotos, feitas sem autorização e compartilhadas nas redes sociais, a atriz aparece de costas trocando de lingerie.

Na quinta-feira (1º) quando as fotos se tornaram públicas, a atriz se pronunciou e repudiou o crime cometido contra ela. A emissora também emitiu uma nota oficial em apoio à atriz e registrou uma ocorrência policial. Nesta sexta-feira (2), Paolla retomou as gravações da série, onde ela vive uma personagem que se apaixona pelo médico, condenado por estuprar mais de 30 mulheres em seu consultório.

Correio 24 Horas


0 comentários:

Postar um comentário