Publicidade

Publicidade

Petrolândia: Não vivo Longe do Sertão - Poema de Tony Xavier, o poeta do povo

Tony Xavier, o poeta do povo!

Me orgulho em ser um nordestino
Essa terra eu amo de verdade
Esse povo me tras felicidade
O cantar do azulão é nosso hino
Desde os tempos que eu era menino
Que eu tenho essa grande paixão.
E até hoje eu tenho essa missão,
De falar do amor e da beleza,
Sou feliz por amar a natureza,
E não sei viver longe do sertão

Para mim não existe outro lugar
Onde eu possa viver com liberdade
O nordeste eu amo de verdade
E daqui eu não pretendo mudar.
Pra sair eu sou mesmo devagar
E jamais vou deixar esse torrão.
O nordeste é mesmo uma nação,
Onde a humildade é uma riqueza,
Sou feliz por amar a natureza,
E não sei viver longe do sertão


Se o dia tá nascendo é alegria
Gosto de levantar de madrugada
Pra ouvir o cantar da passarada
Numa bela e perfeita harmonia.
E assim vai até o fim do dia,
Trazendo para mim a emoção;
Quando acordo eu faço a oração
E agradeço a Deus por a grandeza,
Sou feliz por amar a natureza,
E não sei viver longe do sertão;

Gosto de passear nos matagais
E olhar a caatinga com carinho
Escutando o cantar dos passarinhos
Para mim fazer isso é bom de mais.
Admiro e respeito os animais
E por eles também tenho paixão;
E como é dever de um cidadão,
A lhe dar todo apoio na defesa,
Sou feliz por amar a natureza,
E não sei viver longe do sertão.

E assim vou amando esse lugar
È do meu coração esse desejo
E o nordeste mais lindo sempre vejo
Sendo assim sempre vou admirar.
As pessoas que eu posso ajudar
A seguir como eu, essa missão;
Agradeço de todo o coração,
E lhe digo com a maior franqueza,
Sou feliz por amar a natureza,
E não sei viver longe do sertão.

"Não Vivo Longe do Sertão"
Por: Tony Xavier- o poeta do povo

Blog Petrolândia em Foco
Foto: Tony Xavier

Comentários

Publicidade