segunda-feira, 25 de abril de 2016

Inclusão de Adolescentes e Jovens no Ensino Médio é tema de Seminário Internacional em Belo Horizonte






Aluna da EREM Mª Cavalcanti Nunes, em Petrolândia, Leiliane Lins (à direita) representa o município e o Semiárido no evento (Reprodução Facebook)
Entre os dias 27 e 28 de abril, a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais realiza o Seminário Internacional Sobre Inclusão de Adolescentes e Jovens no Ensino Médio, em Belo Horizonte. O evento conta com a parceria do Ministério da Educação, o Fundo das Nações Unidas para a Infância - Unicef, a Fundação Itaú Social e o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária – Cenpec.

O tema é um grande desafio para do País. De 2004 a 2014, o percentual de alunos matriculados no Ensino Médio aumentou de 47,5% para 59,5%, uma evolução maior que em anos anteriores. No entanto, cerca de 1,7 milhão de adolescentes entre 15 e 17 anos (16,3% da população nessa faixa etária) estão fora da escola, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios - Pnad 2011.

O Seminário promoverá o intercâmbio de experiências nacionais e internacionais de práticas educativas para a inclusão escolar de adolescentes no Ensino Médio. Além do debate, sete oficinas e salas temáticas irão debater e compilar princípios e estratégias do Brasil e de países da América Latina. Experiências do Uruguai, Equador, Bolívia e Argentina, dentre outros, compõem a programação.

Para a abertura do evento estão previstas as presenças do Ministro da Educação, Aloizio Mercadante; do Governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel; e da secretária de Educação do Estado de Minas Gerais, Macaé Maria Evaristo dos Santos.

O evento será precedido pelo Encontro Nacional de Redes de Adolescentes e Jovens, que terão dois dias para organizar suas agendas, reivindicações e contribuições a serem discutidas durante o Seminário. No dia 26 de abril, alguns coletivos de jovens convidados de todo o Brasil e estudantes da rede estadual mineira participarão de uma oficina em preparação para o Seminário, no Encontro Nacional de Redes de Adolescentes e Jovens. Alguns dos coletivos participantes nesse encontro que precede o Seminário serão Rede Nacional da Juventude Negra; Rede de Adolescentes Vivendo e Convivendo com HIV; Rede da Juventude Indígena; Juventude Unida pela Vida na Amazônia; Rede de Adolescentes do Semiárido, Rede de Adolescentes das Comunidades Populares do Centros Urbanos, Adolescentes e Jovens LGBT; Grupo de Empoderamento de Meninas e Rede de Adolescentes pelo Esporte Seguro e Inclusivo; Jovens Urbanos e Movimento Estudantil secundarista.

Virada Educação Minas Gerais

A ideia de realizar um Seminário para debater os desafios do Ensino Médio surgiu por ocasião do movimento Virada Educação Minas Gerais, que debateu durante os meses de agosto e setembro do ano passado quais os pontos positivos e negativos de nossas escolas. Entre os questionamentos estavam quais as razões da grande evasão dos adolescentes no Ensino Médio e como criar uma escola mais atrativa e afinada com o jovem.

Foram 17 rodas de conversa que reuniu mais de 4.500 pessoas, entre estudantes e educadores, realizadas em todos os Territórios de Desenvolvimento do Estado. A sistematização destas rodas será apresentada no Seminário. Alguns dos adolescentes que participaram dessas rodas também estarão presentes tanto na oficina de preparação do Encontro Nacional de Rede de Adolescentes e Jovens, realizada em 26 de abril, quanto no Seminário propriamente dito.

Outro resultado da Virada foi a campanha realizada no final do ano passado que trouxe de voltas aos estudos cerca de 20 mil jovens.

Programação do Seminário

Local: Dayrell Hotel e Centro De Convenções Rua: Espirito Santo, 901, Centro - Belo Horizonte - MG

Dia 27 de abril de 2016 (quarta-feira)

8h – Credenciamento, inscrição nas oficinas e café da manhã
9h – Abertura - Boas Vindas e apresentação dos objetivos do Evento

Ministro da educação, Representante do UNICEF, Secretária de Educação de MG, Governador de Minas; Representante do CENPEC e Adolescentes dos movimentos estudantis, urbano, do campo e indígena.

10h - O que os adolescentes esperam da escola – Roda de com 10 representantes de adolescentes indígenas, movimento secundarista, negros, da Amazônia, do semi-árido, das comunidades populares, LGBT e outros.

11h – ‘Os desafios da inclusão, da qualidade da educação e da inovação na educação brasileira” – Ministério da Educação

11h40 – Palestra: “O uso de dados, pesquisa e informação para a tomada de decisões em políticas de inclusão e os desafios do Ensino Médio para América Latina” – Elena Duro, Secretaria de Avaliação do Ministério da Educação e do Esporte e Vice-Ministra da Educação da Argentina.

12h30 – Almoço

14h00 – Intervenção artística: Participantes do Encontro Nacional de Redes de Adolescentes

14h30 – Orientação para o funcionamento das Oficinas Temáticas sobre Estratégias Multisetoriais de Inclusão de Adolescentes no Ensino Médio.

15h – 18h - Oficinas orientadas para relato de experiências específicas.

OFICINAS DE APROFUNDAMENTO TEMÁTICO

Oficina 1 – O desafio de apoiar os adolescentes retidos no Ensino Fundamental.
Facilitação: CENPEC - Maria Amabile
Relatoria: UNICEF – Maria Adrião
Experiências Nacionais:
“Aluno Presente” - Julia Ventura - Gestora Institucional do Projeto Aluno Presente pela Associação Cidade Escola Aprendiz – Rio de Janeiro/RJ.
“Tajetórias Criativas” - Ítalo Modesto Dutra, Diretor de Currículos e Educação Integral do MEC
Experiência Internacional:
“Reinserção educativa” DYA (Dessarollo y Autogestión) – Javiar Andres Ortiz Carillho (Ministério da Educação do Equador); Juan Fernando Samaniego Froment – (DYA/Equador).

Oficina 2 - Esporte, cultura e lazer como dinâmicas e linguagens que promovem a inclusão escolar.
Facilitação: Territórios, Educação Integral e Cidadania - TEIA/UFMG e SEE/MG
Relatoria:. TEIA/UFMG e SEE/MG
Experiências Nacionais:
Mais Educação - Leandro da Costa Fialho, Coordenação-Geral de Educação Integral do MEC
Experiência da Secretaria de Educação de MG
Experiência Internacional:
“Política de Reinserção Escolar” do Ministério da Educação do Chile – Clarice de Paula e Silva (UNICEF)

Oficina 3 - Estratégias Multisetorias a partir de políticas de asistência social, saúde, educação e trabalho
Facilitação: Secretaria de Educação de Minas Gerais
Relatoria: Secretaria de Educação de Minas Gerais
Experiências Nacionais:
Ministerio de Desenvolvimento Social.
Políticas Intersetoriais SEDESE MG
Experiência Internacional:
Directora de la Dirección de Integración Territorial de la Administración Nacional de Educación Pública (ANEP) Uruguai.

Oficina 4 –Educação Integral e Juventude
Facilitação: Itaú Social – Ângela Dannemann
Relatoria: Itaú Social - Fernanda Zanelli
Experiências Nacionais:
SEE MG
Jovens Urbanos – Renata Alencar
Experiência Internacional:
Compromisso Educativo – Uruguai

Oficina 5 – Juventudes Urbanas – a cidade como espaço educativo
Facilitação: CENPEC– Wagner Santos
Relatoria: CENPEC – Mariana Mota
Experiências Nacionais:
Jovens Urbanos – Lilian Kelian
Experiência Internacional:
Projeto “Volto a Estudar” do Ministério da Educação da Província de Santa Fe, Argentina, Carina Andrea Gerlero e Susana del Valle Natividad Copertari.

Oficina 6 – A educação em territórios específicos: Educação do campo; Educação Quilombola, Educação Indígena; e diversidade.
Facilitação e Relatoria: Secretaria de Educação de Minas Gerais.
Experiências Nacionais:
Relatos de Célia Xakriabá (Educação Escolar indígena) e Érica (Educação do Campo)SEE/MG
Educação Quilombola Canal Futura, Ana Paula Brandão
SECADI/MEC - Suzana Martinelli Grillo
Experiência Internacional: Bolívia.

Oficina 7 - Tecnologías da Informação e Comunicação
Facilitação: UNICEF e CETIC
Relatoria : Lisandra Leite (UNICEF)
Experiências Nacionais:
Governo do Amazonas
CETIC - TICs Educação, Fábio Senne
Experiência Internacional: "Ensino médio mediado por tecnologías para adolescentes criollos e indígenas de contextos rurais isolados".- Emmanuel Lista – UNICEF Argentina.

Dia 28 de abril de 2016 – (quinta-feira)

09h – Intervenção artística Aula sem Racismo e Homofobia - BH

09h30 - Macaé Evaristo - Secretária de Educação de MG

10h20 - Apresentação dos sistematizadores dos grupos de discussão

11h – Aprendizagens e perspectivas para a inclusão de adolescentes e jovens no Ensino Médio na América Latina - Rosa Maria Torres, pedagoga, linguista e ex-ministra da educação e cultura do Equador.

12h - Mesa de encerramento: MEC, UNICEF, CENPEC, F. Itaú Social, 2 Adolescentes indicados pelo grupo.

Encontro Nacional de Redes de Adolescentes e Jovens

25 e 26 de abril de 2016
Local: Dayrell Hotel e Centro De Convenções Rua: Espirito Santo, 901, Centro - Belo Horizonte- MG

Programação

Dia 25 de abril de 2016 (segunda-feira)
14h-18h - Chegada dos adolescentes a Belo Horizonte
18h - Atividade de abertura/confraternização/apresentação das redes
19h – Estabelecimento de regras de convivência e apresentação da programação
19h30 - Jantar

Dia 26 de abril de 2016 (terça-feira)
9h-12h – Oficinas das redes de adolescentes sobre participação cidadã e educação
Cada rede de adolescentes vai para um ambiente discutir as suas propostas de fortalecimento de rede e definição de temas ligados ao ensino médio a serem levados para o seminário

Redes presentes:
1. Jovens Unidos pela Vida na Amazônia, Adolescentes participantes da iniciativa de Nucleos da Cidadania dos Adolescentes no Semiárido (NUCAS) e da Plataforma dos Centros Urbanos - PCU
2. Adolescentes negras e negros, a renovação do Movimento Negro e o enfrentamento ao racismo.
3. Rejuind – Rede de Juventude Indígena.
4. RNAJVHA - Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Vivendo com HIV/AIDS.
5. Adolescentes pela diversidade e as questões LGBT
6. Rede de Adolescentes e Jovens pelo Esporte Seguro e Inclusivo - REJUPE
7. Rede de Empoderamento de Meninas.
8. Oficina sobre participação adolescente na política educacional (Projeto ONDA/Inesc + UBES + Parlamento Juvenil do Mercosul + Adolescentes do campo)

12h – 13h30 – Almoço

13h30-16h – Rodada sobre temas levantados por cada rede – o que há em comum?
Café mundial.

16h-16h15 – Intervalo

16h15-18h – Apresentação da programação do seminário e definição de adolescentes que participam de mesas e painéis para levar temas discutidos pelas redes

18h – Encerramento do dia com dinâmica coletiva

Secretaria de Educação do Estado de Minas Gerais

Nenhum comentário:

Postar um comentário