Publicidade

Petrolândia: Música e comoção marcam o sepultamento de Dra Marcélia - Cortejo teve mini paredão tocando músicas dos anos 70 e 80 e frevo cantado pela própria advogada


Música, tristeza, dor e aplausos marcaram o sepultamento da advogada Dra Marcélia Marques de Sá Fialho, realizado na manhã deste sábado (14/09/2019), no Cemitério São Francisco, em Petrolândia. 

Dra Marcélia faleceu na noite de quarta-feira (12) -  em unidade hospitalar na cidade do Recife, onde estava internada. O corpo foi velado na residência da família - na Quadra 06, saindo com destino ao cemitério São Francisco por volta das 10:30h.

Ao som de músicas internacionais que embalaram os anos de 70, a exemplo de Flying, entre outras, amigos e familiares acompanharam o cortejo no último adeus a Dra Marcélia. O mini paredão que puxava o cortejo também tocava a música 'Camisa Velha', um frevo gravado pela própria advogada, nos anos de 80. A música homenageia famílias da velha Petrolândia, hoje submersas nas águas do rio São Francisco.

Logo cedo várias pessoas já se reuniam em frente ao Cemitério de Petrolândia à espera do sepultamento. Entre os presentes, também estavam muitos moradores de cidades vizinhas que foram prestar última homenagem à advogada. O corpo de Dra Marcélia foi recebido sob aplausos à sua memória.

O anúncio da morte de Dra Marcélia causou grande repercussão nas redes sociais, todos lamentando a precoce partida da advogada de apenas 58 anos.

Dr. Luiz Antônio Justo da Silva, presidente da subseccional da OAB de Petrolândia, deixou a seguinte mensagem: 

Dra. MARCÉLIA fez sua história, foi professora, advogada e serviu como secretária geral da nossa subseccional. Advogada combatente, sempre exerceu sua profissão com a coragem, garra e a determinação que a profissão exige, faleceu, porém seu nome e sua história já mais será apagada do livro da vida.

Os sinceros pesar de todos que fazem a OAB/subseccional de Petrolândia.

O Blog de Assis Ramalho deixa aqui os pêsames à família pela grande perda.

Ver abaixo vídeos e fotos
























Redação do Blog de Assis Ramalho
Blog de Assis Ramalho/BlogAR

Comentários

Publicidade