Publicidade

Transposição: Em Floresta, acampamento bloqueia entrada do canteiro de obras do Eixo Leste

 Petrolandenses permanecem acampados na entrada do canteiro de obras
EBV1 da Transposição

A entrada da EBV1, no canteiro de obras do Eixo Leste da Transposição, em Floresta (PE), permanece bloqueada desde a manhã desse sábado (11) por moradores da cidade de Petrolândia. Grupos revezam-se para manter o bloqueio. Tendas foram montadas em frente à guarita de acesso ao canteiro de obras. Durante a noite, o acampamento foi ocupado por produtores das agrovilas do Mandantes. Nesta manhã, o grupo recebeu o reforço de pessoal do MST-Movimento dos Sem Terra.

A mobilização popular "Salve o rio São Francisco" foi iniciada em Petrolândia, município limítrofe a Floresta, na noite de sexta-feira passada (10). O objetivo inicial do bloqueio é evitar a ligação de bombas que levarão água da represa de Itaparica até a barragem Areias, com a realização de testes de bombas da EBV1 até a próxima quarta-feira (15). Segundo os idealizadores do movimento, a questão não é de ser contra a Transposição, mas de o momento ser impróprio para a retirada de água do rio para ser levada a um local onde não terá nenhuma serventia (desperdício).

Outra preocupação dos ribeirinhos é Itaparica, represa que abastece o município de Petrolândia e região, atualmente com volume útil inferior a 20%, seja totalmente esgotado para geração de energia, a exemplo do que ocorreu com a represa de Três Marias, em Minas Gerais. Por isso, exigem garantias para retirarem-se do local.

Alimentado pelas águas do São Francisco, o lago de Itaparica é a represa da Usina Hidrelétrica Luiz Gonzaga, construída em Petrolândia nos anos 70/80. Entre Pernambuco e Bahia, a obra obrigou a relocalização das sedes dos municípios pernambucanos de Petrolândia e Itacuruba, e inundou territórios de municípios circunvizinhos nos dois estados.

Sob risco de colapso, a queda no nível da represa prejudica a captação de água para o sistema de abastecimento da cidade e comunidades na zona rural, além de trazer prejuízos aos produtores dos perímetros de irrigação existentes no município.

O ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, visitou o canteiro de obras na manhã de ontem, reunindo-se com uma comissão de representantes do movimento. Ao final do encontro, as lideranças consideraram insatisfatórias as propostas do ministro e, em assembleia, decidiram pela continuação do bloqueio.

Saiba mais (clique para ler)
>Entrevista do ministro da Integração, Francisco Teixeira, sobre a situação do Lago de Itaparica e ações emergenciais para o Perímetro Irrigado
>Lideranças de Petrolândia reúnem-se com minístro da Integração e decidem por manutenção do bloqueio de acesso à Transposição
>Baixa do nível do Lago de Itaparica causa perda ou dificuldade de acesso à água pelos produtores rurais
>Padre Luciano Aguiar, da Paróquia de Inajá, engaja-se no manifesto na Transposição
>Em Floresta, ministro da Integração negocia com manifestantes desbloqueio de obra da Transposição
>Acesso à Transposição em Floresta é bloqueado por caravana de produtores de Petrolândia
>População de Petrolândia fará protesto neste sábado contra primeiros testes da transposição do São Francisco
>Salve o Rio São Francisco: primeira reunião do grupo de discussão da crise no Lago de Itaparica acontece hoje no Centro Cultural, em Petrolândia
>Após visita à Chesf, prefeito de Petrolândia desabafa: "A preocupação é a produção de energia e não o consumo humano"
>Petrolândia: Produtores rurais reúnem-se com superintendente regional da Codevasf para discutir problemas do perímetro irrigado
>Prefeito de Petrolândia, Lourival Simões, divulga nota à imprensa sobre a situação do Lago de Itaparica
>Boletim da ANA divulga Itaparica com 17,75% de volume útil na quarta-feira (08)
>Bacia do São Francisco: Sobradinho tem 26,92% de volume útil e Itaparica 18,65%
>Bacia do São Francisco: Barragem de Sobradinho tinha 27,50% e Itaparica 18,89% de volume útil neste domingo (05)
>Acompanhamento da situação da Represa de Itaparica
>Prefeito de Petrolândia, Lourival Simões, sobre redução de volume da represa de Itaparica: "A gestão do próximo prefeito já está prejudicada antes mesmo de iniciar''
>Situação caótica faz com que produtores rurais realizem mutirão para desobstruir o canal de abastecimento às Agrovilas da Reta
>Vida do rio São Francisco é destaque na Missa dos Pescadores, celebrada após a Procissão nas águas
>Represa de Itaparica, em Petrolândia-PE, está com apenas 20% de volume útil, mas reina o silêncio

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Paula Roberta/WhatsApp Salve o rio São Francisco

Comentários

Publicidade