quarta-feira, 15 de agosto de 2018

17º Congresso Brasileiro de Gastropediatria será realizado em Pernambuco de 29 de agosto a 1º de setembro


Cerca de 1.500 médicos se reunirão no Hotel Armação, em Porto de Galinhas, para debater os mais recentes temas relacionados à saúde gastrointestinal infantil
Já está tudo pronto para o 17º Congresso Brasileiro de Gastropediatria - Gastroped, a ser realizado pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) em conjunto com a Sociedade de Pediatria de Pernambuco (Sopepe). Sob o tema Construindo Pontes Entre a Ciência e o Cuidado, o evento acontecerá de 29 de agosto a 1º de setembro, no Hotel Armação, na praia Porto de Galinhas, município de Ipojuca, Região Metropolitana do Recife.

Pela primeira vez no Estado, o Gastroped deverá receber cerca de 1.500 congressistas, entre gastropediatras, pediatras, nutricionistas e estudantes da área de saúde, que desfrutarão de uma estrutura especial nos quatro dias do evento. Serão três salas simultâneas, duas de gastroenterologia pediátrica e uma de hepatologia pediátrica, permitindo que os participantes vivenciem uma imersão em diversos temas relacionados à saúde infantil.

A programação se inicia com um pré-congresso, no qual serão ministrados cursos com temas que vão da imersão em alergia à proteína da vaca (ALPV), coordenado pelo médico Emanuel Sarinho, presidente do Departamento de Alergologia da SBP, e pela gastropediatra Kátia Brandt, ao suporte nutricional e gastropediátrico no prematuro, coordenado pela nutróloga Graça Moura, membro da comissão organizadora do Gastroped em Pernambuco.

Presidente do congresso e vice-presidente da Sopepe, Kátia Brandt presidirá a conferência inaugural Enteropatia Ambiental: Ontem e Hoje,ministrada pela professora Gisélia Alves, que inicia a programação da quinta-feira (30). Ela explica que a conversa abordará o agravo repetido ao intestino decorrente de um ambiente contaminado por micro-organismos.

“Esse tipo de contaminação acontece principalmente através da água, em ambientes de pior condição socioeconômica, carentes de água de boa qualidade e acesso ao saneamento básico”, detalha Kátia. “As crianças expostas a esses fatores sofrem um aumento da população bacteriana intestinal, o que causa inúmeros transtornos, como a má absorção de nutrientes provenientes dos alimentos e repetidos episódios de diarreia”, completa.

As descobertas mais recentes sobre o assunto, segundo Kátia Brandt, são as consequências em longo prazo de tal contaminação, como o favorecimento à desnutrição da criança, à redução do crescimento, o maior risco de baixa estatura e um menor desempenho intelectual, comprometendo as pessoas por toda vida.

A gastropediatra também ministrará aula sobre a doença do refluxo na criança com paralisia cerebral, detalhando as complicações resultantes de um sofrimento precoce do cérebro, geralmente em bebês com falta de oxigenação durante o nascimento, e as medidas particulares para tratar esse grupo de crianças.

As inscrições para o 17º Gastroped estão abertas e devem ser feitas através do site www.gastroped2018.com.br, onde também é possível conferir a programação completa do congresso.

SERVIÇO
17º Congresso Brasileiro de Gastropediatria - Gastroped
Quando: 29 de agosto a 1º de setembro
Onde: Hotel Armação, Porto de Galinhas, Ipojuca - Pernambuco
Inscrições: www.gastroped2018.com.br/inscricoes
Mais informações: www.gastroped2018.com.br

Mia Comunicação


0 comentários:

Postar um comentário