Publicidade

Corpo do sargento da PM baleado em ônibus é sepultado no Ceará

Policial entrou na Polícia Militar em 28 de outubro de 1992 (Foto: Reprodução)

O corpo do sargento da Polícia Militar, José Eudes da Silva Monte, baleado durante uma tentativa de assalto foi sepultado na manhã desta sexta-feira (29), no Cemitério Parque da Saudade, no município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. A família fez a doação dos órgãos.

O sargento, que era lotado no 17º Batalhão (Conjunto Ceará), ingressou na Corporação em 28 de outubro de 1992, tendo prestado 23 anos de serviços. Foi promovido a 1º sargento em dezembro de 2015 e segundo a Polícia Militar tinha comportamento excelente.

O sargento teve morte cerebral confirmada na manhã de quinta-feira (28) pelo relações públicas da Polícia Militar, tenente-coronel Andrade. Quatro pessoas foram presas pelo crime.

O militar, de 46 anos, estava dentro de um ônibus, na Avenida Mister Hull, à paisana, quando houve uma tentativa de assalto e um homem atirou contra o policial.

O agente foi atingido pelos disparos no olho e no pescoço. Depois do crime, segundo a polícia, os suspeitos fugiram em um carro que dava cobertura para o grupo. Eles não levaram objetos dos passageiros nem a arma do policial.

José Eudes foi socorrido e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Conjunto Ceará. Em seguida, ele foi transferido para o Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF), no Bairro Centro.

Prisão do 4º suspeito

A Polícia Militar prendeu, na noite desta quarta-feira (27), o quarto suspeito de participar da tentativa de assalto que deixou baleado o sargento da PM.

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito, de 20 anos, foi preso na casa de uma tia, no município de Caucaia, e levado para a Delegacia do Conjunto Ceará. A polícia disse que a denúncia que ajudou na captura foi feita pela mãe do suspeito.

Segundo com o titular da Delegacia do Conjunto Ceará, Pedro Viana, os outros três primeiros suspeitos presos apontaram o quarto homem como autor dos disparos que atingiram o policial.

Outros três suspeitos de envolvimento na tentativa de assalto foram presos no início da tarde de quarta-feira. Segundo informações do delegado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Fábio Torres, os dois primeiros suspeitos presos são um homem e uma mulher, que foram encontrados em uma casa no Bairro Granja Lisboa.

O terceiro suspeito de envolvimento no caso foi preso em outra residência, no mesmo bairro após a captura do casal, ainda de acordo com a polícia. Com ele, foi apreendido um carro. Os suspeitos foram encaminhados ao 12º Distrito Policial, no Bairro Conjunto Ceará.
Do G1 CE, com informações da TV Verdes Mares

Comentários

Publicidade