domingo, 2 de março de 2014

Velhos carnavais da velha Petrolândia, uma saudade que não passa

O meu amigo Luiz Espíndola e esposa Beta, em ritmo de carnaval no Grêmio  Lítero na nossa inesquecível velha Petrolândia
Foto no Grêmio Lítero: O meu amigo Mauro da Pop Disco sempre foi baixinho, mas gostava das alturas. Em baixo, da esquerda para a direita; os saudosos Albenis e Gilberto, logo após podemos ver Tico Coringa, José Adelson e João. O rapaz agachado, eu não estou me lembrando. Alguém pode me ajudar?

Os Ramalho Leal em clima de Carnaval. Minha mana Lucinete com o esposo, meu compadre Carlos Canabrava, hoje residindo em Minas Gerais, com certeza tem muitas saudades destes tempos

Neste domingão de carnaval, 02 de março de 2014, o Blog de Assis Ramalho vai ao fundo do Baú, e mostra quatro fotos dos carnavais da  nossa saudosa e inesquecível velha Petrolândia, hoje submersa as águas do Rio São Francisco.

Saudades, dos carnavais da Velha Petró.


Juventude presente no carnaval da Velha Petró

Nenhum comentário:

Postar um comentário