segunda-feira, 22 de agosto de 2016

CBHSF: Nemus apresenta Caderno de Investimentos


O Caderno de Investimentos, documento que integra o Plano de Recursos Hídricos da Bacia do São Francisco, foi apresentado nesta sexta-feira (19.08) pela empresa Nemus, contratada para executar o trabalho de atualização do Plano, ao Grupo de Acompanhamento Técnico (GAT), no segundo e último dia de reunião do grupo em Maceió (AL). Na oportunidade, foram considerados para debate os termos do documento consolidado. Questionamentos sobre a viabilidade da execução do Plano de Bacia foram levantados por alguns membros.

Participante das discussões, Patrícia Helena Boson disse que servidores de órgãos ambientais desconhecem a importância e o funcionamento de um plano de recursos hídricos, bem como da existência e funcionamento dos comitês de bacia. Ela sugeriu que a melhor maneira para o entendimento do documento seria a elaboração de uma cartilha explicativa, direcionada à população da bacia, bem como um plano de comunicação específico sobre o tema.



Outro participante, Luiz Dourado destacou que as dúvidas surgem, neste momento, por falha das pessoas, que não leem os documentos que recebem. E rebateu a declaração do consultor do CBHSF, Rodolpho Ramina, que considerou ser necessário rever a importância da hidrovia. Dourado considerou importante essa via, como forma de escoamento da produção.

Para Ramina, alguns pontos do Plano de Recursos Hídricos devem ser rediscutidos e reavaliados, sendo um deles a importância da hidrovia. Na visão do consultor, essa via de escoamento “perdeu o tempo”, pois está sendo cada vez menos procurada. Ele também sugeriu que, na divisão orçamentária do Plano, haja uma compensação financeira por parte dos grandes usuários, em função dos impactos que provocam.

O consultor também defendeu o trabalho de educação ambiental, com capacitação de membros do CBHSF e da comunidade, a fim de entender o documento e toda a sua abrangência. Membro do GAT e representante da Agência Nacional de Águas (ANA), Gonzalo Fernandez concordou com a aplicação de formas de comunicação que ajudem a uma melhor compreensão do Plano de Recursos Hídricos.

O consultor da Nemus, empresa responsável pela atualização do Plano, Pedro Bettencourt, apresentou o documento consolidado para conhecimento dos membros do GAT. Enumerou os produtos que integram o material, com seus relatórios e diagnósticos, lembrando que o documento final chegará para apreciação da plenária do CBHSF no mês de setembro, em Belo Horizonte.

ASCOM – Assessoria de Comunicação do CBHSF


0 comentários:

Postar um comentário