Publicidade

Beto Accioly quer treinamento de socorro para pais ou responsáveis por recém-nascidos

Beto Accioly (Foto: Roberto Soares/Alepe)

O deputado estadual Beto Accioly (SD) apresentou, nesta terça-feira (10), um projeto de lei que obriga as maternidades públicas e privadas do Estado de Pernambuco a oferecerem treinamento para socorro em caso de engasgamento e prevenção de morte súbita aos pais ou responsáveis por recém-nascidos. De acordo com o texto, o treinamento será realizado antes da alta médica.

“O engasgo de recém-nascidos pode ocorrer de variadas formas, inclusive durante o aleitamento materno. A situação é assustadora para os pais ou responsáveis, principalmente pelo fato de que muitos não sabem como agir em tal situação”, alerta o parlamentar, lembrando também sobre os casos de morte súbita. “Sabe-se que o pico de incidência está entre dois e quatro meses de idade, e que é mais comum em crianças do sexo masculino. É imprescindível que os pais ou responsáveis tenham conhecimento acerca dos métodos preventivos e possam evitar esses casos entre recém-nascidos.”

De acordo com Beto Accioly, a proposição não vai gerar nenhum tipo de custo para as maternidades, já que elas já dispõem de profissionais de saúde. A proposta segue para a apreciação das comissões competentes, antes de ser votada em Plenário.

Ascom Deputado Estadual Beto Accioly

Comentários

Publicidade