Publicidade />

Amupe: Patriota pede equilíbrio econômico entre as regiões brasileiras em encontro de prefeitos no Senado

José Patriota, presidente da Amupe (Foto: Amupe)

O presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota, pediu equilíbrio econômico entre todas as regiões brasileiras. A solicitação foi feita durante a reunião de prefeitos, realizada nesta quarta-feira, 17 de junho, no Senado Federal.

Patriota lembrou que o desequilíbrio regional é o principal ponto que deve ser revisto no contexto da aprovação de medidas que viabilizem a gestão municipal. Para ele, as principais reinvindicações da pauta municipalista devem orientar recursos que tenham o objetivo de diminuir as diferenças entre os Entes. “O FPM de São Paulo representa 25% da receita da prefeitura, enquanto que na maioria dos Municípios do nordeste representa mais de 90%. É impossível tratarmos de Pacto Federativo, justiça fiscal e equilíbrio com as regiões tão desiguais, sobretudo na sua atividade econômica.”, frisou.

O presidente da Amupe citou que 70% dos prefeitos pernambucanos estão com a ficha suja, em razão de não terem condições de cumprirem com suas obrigações. Um dos motivos apontados por Patriota é o comprometimento dos gestores com a folha de pagamento de servidores. “Desta forma, não temos como cumprir , por exemplo, a Lei de Responsabilidade Fiscal, com a distribuição de obrigações constantes”.

Patriota finalizou o seu discurso dizendo que está esperançoso com o encontro no Congresso. Ele espera a sensibilidade dos parlamentares na aprovação das reinvindicações da pauta municipalista. “Espero que o Senado e a Câmara possam chegar a um entendimento urgente para que a gente possa ter mudanças no Brasil e o povo possa ser atendido”, concluiu.

Confira o discurso na íntegra: https://www.youtube.com/watch?v=5uxdsdblaXE&feature=youtu.be

Amupe

Comentários

Publicidade