Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

Compesa leva água do Rio São Francisco para abastecer Brejo da Madre de Deus


Ramal de Brejo terá 37 quilômetros de extensão e recebe R$ 34 milhões de investimento


O presidente da Compesa, Roberto Tavares, esteve nesta sexta-feira (5), fiscalizando a maior obra hídrica da história do município de Brejo de Deus, o Ramal de Brejo, que vai levar água do Rio São Francisco para o município. Acompanhado do prefeito Hilário Paulo, a comitiva vistoriou as frentes de trabalho da obra, orçada em R$ 34 milhões e que vai atender 45 mil pessoas de Brejo, Fazenda Nova, Barra de Farias e outras localidades rurais do município. “Esse é o maior investimento do Governo do Estado em uma obra pública da história de Brejo da Madre de Deus. Estamos muito felizes com a sensibilidade e compromisso do governador Paulo Câmara, que atendeu ao nosso pleito”, disse o prefeito.

Duas frentes de trabalho estão em andamento: uma próximo à sede do município de Brejo da Madre de Deus e outra às margens da estrada de Serra dos Ventos, em Belo Jardim. Ao todo, são 37 quilômetros de adutoras entre Belo Jardim e Brejo da Madre de Deus. Desse total, oito quilômetros já foram assentados com tubos de 400 milímetros. A previsão é de dez meses de trabalho para que a obra seja concluída. “Essa obra será a redenção de Brejo da Madre de Deus. A água é captada lá em Sertânia e segue por mais de 170 quilômetros de tubulação até chegar na Estação de Tratamento de Água de Brejo, onde será tratada e distribuída. Com essa água, Brejo não ficará mais dependente das pequenas barragens e da chuva para enfrentar os períodos de seca”, destacou o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

Compesa

Comentários

Publicidade