Publicidade

Oposição na Alepe lamenta perda de Naná Vasconcelos

Velório do percussionista pernambucano aconteceu na Alepe (Foto: Rinaldo Marques/Alepe)

Os tambores, que sempre marcaram os ritmos pernambucanos, estão calados hoje. Pernambuco, o Brasil e o mundo lamentam a perda de Naná Vasconcelos, um dos maiores percussionistas da história. Naná trazia a música em sua alma e fazia de sua arte um instrumento de transformação social. O artista levou os ritmos pernambucanos aos mais variados cantos do mundo, mas defendia, com firmeza, que a música fosse levada às comunidades carentes do Estado, como forma de fazer a educação e a cultura chegarem a todos. Que a sua trajetória e suas ideias sirvam de inspiração para todos nós, pernambucanos, na busca de uma sociedade cada vez mais justa.

Silvio Costa Filho
Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco

Assessoria de Imprensa da Bancada de Oposição na Alepe

Comentários

Publicidade