terça-feira, 1 de abril de 2014

Prefeitura Amiga das Mulheres: Alepe premia municípios que mais promovem ações de igualdade de gênero

Deputada Terezinha Nunes (PSDB) é autora do projeto de lei que 
instituiu o Prêmio Prefeitura Amiga das Mulheres
Prefeito Lourival Simões (PR) no jantar promovido pela ALEPE 
em homenagem a Eduardo Campos 

Reconhecer o desempenho de prefeitos em políticas públicas direcionadas para a igualdade de gênero. Esse foi o objetivo da deputada Terezinha Nunes, do PSDB, ao apresentar projeto de lei criando o Prêmio Prefeitura Amiga das Mulheres. A comenda foi concedida a quatro gestores municipais na noite desta segunda (31 de março), em Reunião Solene na Assembleia.

Os agraciados foram os prefeitos de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes, indicado por Terezinha Nunes, e que representou o Grande Recife; a prefeita de Condado, Sandra Félix da Silva, numa proposição de Isaltino Nascimento, do PSB, em nome da Zona da Mata; de Caruaru, no Agreste, José Queiroz, a partir de indicação das deputadas Teresa Leitão, do PT, e Laura Gomes, do PSB; e, finalmente, Petrolândia, no Sertão, representado por Lourival Simões, por iniciativa de Alberto Feitosa, do PR.

A escolha das prefeituras agraciadas foi realizada pela Secretaria da Mulher do Estado, em conjunto com a Comissão de Defesa da Mulher da Alepe. A deputada Laura Gomes, que presidiu a cerimônia, ressaltou a importância de realizar pela primeira vez a entrega da distinção. Para ela, o ato renova a esperança de um mundo melhor, onde as mulheres estarão cada vez mais incluídas na sociedade.

Terezinha Nunes citou recente pesquisa do Ipea em que expressiva parcela da população ainda coloca o segmento feminino como responsável pelas violências sofridas. A parlamentar lembrou, ainda, o aumento da incidência do stress feminino, na luta para conciliar trabalho e afazeres domésticos.

Terezinha também lembrou que, no Brasil, menos de dez por cento das vagas nos Parlamentos são de mulheres. Ela ainda comentou que, no mercado de trabalho, as mulheres somam 40% da força, mas os salários são os mais baixos.

Para a secretária da Mulher, Cristina Buarque, a medalha é um incentivo ao trabalho das coordenadorias de mulheres das Prefeituras. Representando os homenageados, Lourival Simões agradeceu dizendo que responderá ao prêmio com mais trabalho. Ele ressaltou que a gestão administrativa ganha sensibilidade com a presença feminina.

Fonte: Alepe

Nenhum comentário:

Postar um comentário