terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Se resistir à semana pré-carnavalesca, Danilo Cabral será o candidato de Eduardo Campos

Danilo Cabral, Secretário Estadual das Cidades, em entrevista a Assis Ramalho
Foto: Lúcia Xavier

O deputado federal e secretário estadual das cidades, Danilo Cabral, atravessou o final de semana como futuro candidato do PSB à sucessão estadual.

Ele foi o sexto candidato que a mídia nativa “elegeu” nos últimos quatro meses.

Antes dele foram dados como certos Fernando Bezerra Coelho, Tadeu Alencar, Paulo Câmara, Maurício Rands e Geraldo Júlio.

Nenhum deles, entretanto, sustentou a candidatura por mais de 15 dias. Uns foram vitimas de “dossiês”, outros foram questionados por ter parentesco com a família do governador e o prefeito do Recife não se interessou pela candidatura.


Neste final de semana, o nome de Danilo ganhou musculatura pelo fato de não ter “agenda negativa” para ser explorada pela imprensa sulista.

Ele já foi testado nas urnas (vereador e deputado federal), tem experiência administrativa (foi secretário de Educação e é secretário das Cidades), é da estrita confiança do governador e não tem parentesco com a família dele.

Se resistir ao sol e ao sereno até a próxima quinta-feira, poderá ter a candidatura confirmada, caso o governador mantenha o ponto de vista de não querer como candidato o ex-ministro Fernando Bezerra Coelho, com quem teria uma segunda rodada de conversas nesta segunda-feira, à noite, nem o vice-governador João Lyra Neto.

Fonte: Blog de Inaldo Sampaio
Foto: Lúcia Xavier