Publicidade />

Deputado Zeca Cavalcanti cobra fim do nepotismo em Arcoverde e apoia decisão da sociedade de ir às ruas protestar

"Quando deixamos a prefeitura existiam pouco mais de 80 cargos comissionados. A prefeita ampliou esse número dobrando a quantidade, aumentando os salários e criando pelo menos 50 cargos de assessor de secretário", afirma Zeca sobre a atuação da ex-aliada

O deputado federal Zeca Cavalcanti foi convidado nesta quarta (29) para uma entrevista na rádio Itapuama FM, mas a temática municipal acabou ficando de fora da entrevista comandada pela jornalista Zalxijoane Ferreira, que abordou apenas assuntos referentes a crise nacional e ao trabalho do parlamentar trabalhista no Congresso.

Após a entrevista, o deputado federal Zeca Cavalcanti (PTB) falou com alguns representantes da imprensa local e do estado e disse estar apoiando a ação da sociedade arcoverdense que condena o nepotismo praticado pela prefeita de Arcoverde e cobra a saída dos familiares da chefe do executivo.

Para Zeca Cavalcanti, “a prefeitura de Arcoverde não pode ser um cabide de emprego dos familiares da prefeita e nem tão pouco ver a prefeita falar de crise, cortar gastos e nem extinguir nenhum dos mais de 70 novos Cargos criados por ela no seu primeiro ano de governo (2013)”.

Quando deixamos a prefeitura existiam pouco mais de 80 cargos comissionados e já trabalhávamos na medida, a prefeita ampliou esse número dobrando a quantidade, aumentando os salários e criando pelo menos 50 cargos de assessor de secretário para fazer proselitismo político, disse o parlamentar trabalhista que comandou a prefeitura de Arcoverde entre 2005 e 2012.

Vamos estar juntos com o vereador Luciano Pacheco, o deputado Júlio Cavalcanti, as lideranças comunitárias e a sociedade de Arcoverde que quer uma resposta da prefeita e do ministério público sobre o que vem acontecendo no município, concluiu o deputado federal Zeca Cavalcanti.

Assessoria de Imprensa Deputado Zeca Cavalcanti

Comentários

Publicidade