Publicidade

Ponto a Ponto discute o papel do Ministério Público e o trabalho da Lava Jato


O professor da FGV e da USP e procurador de Justiça Ronaldo Porto Macedo Junior é o entrevistado do Ponto a Ponto deste sábado (18), à meia-noite, na BandNewsTV. A entrevista é guiada pela jornalista Mônica Bergamo e o cientista político Antonio Lavareda. A atração ganha reprise no domingo (19), às 17h30, e na sexta (24), às 3h.

Segundo pesquisa realizada pelo CeSec, Universidade Cândido Mendes, entre fevereiro de 2015 e fevereiro de 2016, as áreas de atuação prioritárias nos MPs em que trabalham são: 62% responderam combate à corrupção; 49%, investigação criminal; 47%, criança e adolescente em geral; 45%, meio-ambiente; 40%, serviços de relevância pública (saúde, educação etc). A pesquisa responderam 899 procuradores e promotores.

O procurador Ronaldo Porto afirma que há uma simplificação do debate público sobre a Lava Jato, principalmente nas redes sociais. "Torna algumas ideias absurdas quando elas são mais complexas do que se imagina."

O "power point do Lula", criado em setembro do ano passado pelo procurador Deltan Dallagnol, que serviu para explicar os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro do ex-presidente, foi alvo de críticas nas redes, ganhando até versões de memes. "Aquele slide trouxe prejuízo e eles não pareceram imparciais. Acho que foi um erro na comunicação. Foram incoerentes com o que eles alegaram", argumenta Ronaldo Porto.

Segue link do Ponto a Ponto que será exibido: https://www.youtube.com/watch?v=mrxqoJYxikI

Assessoria Ponto a Ponto

Comentários

Publicidade