Publicidade

Dilma desce a rampa do Planalto para receber apoio de ato de mulheres

Dilma cumprimenta mulheres que levaram fizeram manifestação em apoio a ela (Foto: Filipe Matoso/G1)
Ato de mulheres em frente ao Palácio do Planalto (Foto: Filipe Matoso/G1)


A presidente Dilma Rousseff desceu a rampa do Palácio do Planalto na noite desta terça-feira (19) para receber o apoio de um grupo de centenas de mulheres.

A presidente se posicionou junto a uma grade que separa a via pública do Palácio do Planalto. Ali, passou a abraçar manifestantes, posar para fotos e receber flores.

A Polícia Militar informou que 400 pessoas participaram do ato. Devido à manifestação, o trânsito nas ruas próximas ao Planalto foi bloqueado pela PM.

O tempo inteiro Dilma estava acompanhada de seguranças da Presidência e da secretária de Políticas para Mulheres, Eleonora Menicucci.

O grupo de manifestantes entoou coros de apoio a Dilma e de crítica ao presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha(PMDB-RJ).


"Não vai ter golpe, vai ter luta", "Dilma fica, Cunha sai" e "No meu país eu boto fé porque ele é governado por mulher" eram algumas das palavras de ordem que as manifestantes gritaram.

Antes de descer a rampa, Dilma chegou a aparecer em uma das janelas de seu gabinete no Palácio do Planalto, acenou para as manifestantes e foi ovacionada.

Minutos antes, ela já havia recebido um grupo de mulheres na sala de audiências do Palácio do Planalto.

Filipe Matoso
Do G1, em Brasília

Comentários

Publicidade