quinta-feira, 30 de julho de 2015

Humberto visita obras do Hospital da Mulher em Pernambuco

Ascom HC/Divulgação

O líder do PT no Senado, Humberto Costa, visitou, na manhã desta quinta-feira (30), as obras do Hospital da Mulher no bairro do Curado, no Recife. Orçada em R$ 56,8 milhões, a unidade já está com 85% das obras concluídas e está em fase final de ajustes de acabamento como piso, retoques de alvenaria e na central de climatização. Por meio de emenda parlamentar, Humberto foi responsável pela destinação de R$ 1 milhão para o empreendimento. O parlamentar acompanha de perto as obras desde o seu início.

A construção da unidade só foi possível graças a uma parceria entre a Prefeitura do Recife e o Governo Federal, que liberou R$ 48,8 milhões do total investido. Hoje, foram disponibilizados mais R$ 700 mil para o andamento das ações no local. A visita foi acompanhada pela secretária-executiva do Ministério da Saúde, Ana Paula Soter, e pelo prefeito Geraldo Júlio, além de representantes do Governo de Pernambuco. Primeiro hospital de grande porte da cidade em atendimento especializado, o objetivo é atender a demanda de toda a Região Metropolitana.

"É um grande avanço para o atendimento à mulher pernambucana de uma forma geral. A criação desta unidade de saúde vai dar uma melhor atenção ao apoio humanizado e desafoga outras unidades da Região Metropolitana”, afirmou Humberto, que é médico e foi ministro da Saúde entre 2003 e 2005, durante o governo Lula.

O Hospital da Mulher vai contar com 150 leitos no auxílio de mulheres que necessitam de procedimentos de média e alta complexidade. A previsão é de que sejam realizados 500 partos e 250 cirurgias por mês. Serão feitos ainda 10 mil serviços ambulatoriais de pré-natal e assistência ao parto, entre outros atendimentos.
Será o primeiro serviço da rede municipal que contará com serviços de mamografia, endoscopia, tomografia computadorizada, ressonância nuclear magnética, densiometria óssea, urodinâmica e colonoscopia. Profissionais especializados também estarão disponíveis para o recebimento de casos e assistência à mulher vítima de violência.

Assessoria Imprensa Humberto Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário