Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

Comissão Especial de Segurança Pública ouve secretário de Segurança Urbana, Murilo Cavalcanti

Foto: Letícia Jaques

A Comissão Especial para Proposição de Medidas de Segurança Pública, representada pelo presidente Alberto Feitosa, Nilton Mota, vice-presidente, e pelo relator Júlio Cavalcanti, se reuniu na manhã desta quinta-feira (31) para ouvir o secretário de Segurança Urbana do Recife, Murilo Cavalcanti. Ele é especialista em políticas públicas de prevenção à violência urbana, sendo um estudioso do modelo de segurança cidadã implantado em cidades como Bogotá e Medelín, na Colômbia.

“Vejo com bons olhos essa grande iniciativa da Assembleia Legislativa de criar essa comissão para contribuir, trazer sugestões de como reverter essa escalada da violência, que é uma epidemia no Brasil inteiro. Propus que sejam criados eixos que possam integrar as ações voltadas para a prevenção, que é papel que cabe ao município, a atuação das polícias e a ressocialização. Essa deve ser uma discussão nacional e integrada”, afirmou o secretário de Segurança Urbana.

Segundo Murilo, um dos grandes impulsionadores da violência é o abandono escolar, onde 80% dos presos de Pernambuco não terminaram o ensino fundamental e 94% deixaram as escolas antes de concluírem o ensino médio. “Murilo Cavalcanti é um dos grandes estudiosos do nosso estado sobre segurança cidadã e nos apresentou sugestões importantes que serão aprofundadas e irão compor o documento que será produzido pela comissão. Ele nos trouxe dados que mostram a problemática da evasão escolar e que a política de prevenção tem força no combate ao aumento dos índices de violência. O Compaz é um bom exemplo disso”, concluiu Feitosa.

Assessoria de Imprensa do Deputado Estadual Alberto Feitosa

Comentários

Publicidade