Publicidade

Defensoria participa de audiência pública sobre o Autismo na Câmara de Vereadores do Recife


A Defensora Pública Nátalli Brandi participou, na última quinta-feira (06/04), de audiência pública que discutiu os desafios do autismo, convocada pela vereadora Aline Mariano. Na tribuna, a Defensora destacou sobre a inclusão social e atuação da Defensoria Pública de Pernambuco por meio do Núcleo de Direitos Humanos. Na segunda-feira (10/04), às 14 horas, ocorrerá IV RODA DE CONVERSA: O Direito Inclusivo e a Mediação Escolar das Pessoas no Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), no auditório da DPPE. A ação é organizada pela Defensoria Pública em parceria com o Memorial de Justiça, TJPE, Assembleia Legislativa e o Grupo Super Mães.

A audiência pública está dentro dos eventos que marcam a passagem do Dia Mundial da Conscientização do Autismo, ocorrido em 2 de abril. A vereadora Aline Mariano, autora do projeto de lei 60/2017, que institui no calendário de eventos do Recife a Semana Municipal da Conscientização sobre o Transtorno do Espectro Autista. Participaram parlamentares e representantes de diversas entidades ligadas às áreas de saúde e educação.

DADOS - Os números indicam para um aumento cada vez mais frequente dos casos de Autismo em todo o mundo, mas não há uma estatística definitiva. A Organização Mundial de Saúde estima que para cada 68 pessoas que nascem uma tem o autismo, mas o CDC (Center of Deseases Controland Prevention), órgão ligado ao governo dos Estados Unidos, diz que há um caso de autismo para cada 110 nascidos. Por isso, considera-se que o Brasil, com 200 milhões de habitantes, tenha quase 2 milhões de autistas. E, no mundo, são 70 milhões de pessoas, segundo a ONU. (Fonte: Câmara de Vereadores do Recife)


Redação: Fátima Freire/Ascom-DPPE
Foto: @jhpaparazzo/Ascom-DPPE

Comentários

Publicidade