terça-feira, 22 de março de 2016

Humberto vê melhora em cenário econômico já em 2016

Humberto Costa (Foto: Alessandro Dantas/Liderança PT no Senado)

Uma sequência de notícias positivas na economia brasileira - aliada às intervenções decisivas do Governo Federal, como as anunciadas nessa segunda-feira (21), pelo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa - tem melhorado o ambiente de negócios no país. O crescimento do investimento estrangeiro, a diminuição da inflação e o incremento do comércio exterior arrefecem a crise e derrubam as correntes pessimistas, dando sinais de que o Brasil possa estar vencendo o mau momento de uma forma mais rápida do que se esperava, avalia o líder do Governo no Senado, Humberto Costa (PT-PE).

“Vivemos uma crise que é econômica, mais também política. Existem setores que estão torcendo contra Brasil, apostando na piora, ocultando do noticiário as informações positivas e engessando o Congresso em uma pauta de crise. Mas, apesar de toda esta ação, de uma tentativa de golpe iminente que o país vem enfrentando, o Governo Federal tem trabalhado arduamente para enfrentar as dificuldades e superar de vez esta pagina negativa. Os resultados já começam a aparecer”, afirmou o parlamentar.

Em investimento estrangeiro, por exemplo, o Governo estima recursos da ordem de US$ 60 bilhões. Somente em janeiro passado foram US$ 5,5 bi, US$ 1 bi acima do previsto. Além disso, vem crescendo também o número de operações de comércio exterior, que renderam em 2015 US$ 19,7 bilhões. Em 2016, a estimativa é de um ganho ainda maior: US$ 35 bilhões.

O líder do Governo lembra, ainda, que a administração Dilma Rousseff tem tido êxito na tarefa de reduzir a inflação. Este ano, a projeção para a inflação é de cerca de 7,4%, menor que os 10,71% em 2015. “Isto sem falar nos investimentos que estão previstos ainda para 2016, como os decorrentes do Plano de Investimento em Logística, cujas concessões devem render aplicações da ordem de R$198 bilhões entre 2015 e 2018 em rodovias, ferrovias, portos e aeroportos”, explicou Humberto.

Assessoria de Imprensa Senador Humberto Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário