Publicidade

Priscila Krause lamenta problemas estruturais da Faculdade de Medicina da UPE em Garanhuns


A falta de estrutura da Faculdade de Medicina da Universidade de Pernambuco (UPE), no Campus de Garanhuns, foi o tema do pronunciamento da deputada Priscila Krause (DEM), na Reunião Plenária de ontem (16) na Alepe. A parlamentar, que na semana passada esteve na unidade, relatou as dificuldades enfrentadas atualmente pelos alunos, como, por exemplo, a falta de docentes.

“A faculdade precisaria de 55 professores para preencher seu quadro, mas hoje só dispõe de 17. A situação é tão preocupante que, neste semestre, os estudantes do quarto período ficaram sem aula para que os alunos do sétimo período possam ter professores”, explicou. Segundo a democrata, a UPE está analisando a proposta de encaminhar, provisoriamente, os estudantes de Garanhuns para as unidades do Recife e de Caruaru.

Por fim, Priscila Krause informou que o edital do concurso para novos professores, que deveria ter sido publicado no último dia 10, não tem data prevista para ser divulgado. “Faço um apelo para que as autoridades tomem providências, acelerem o concurso, melhorem a estrutura e criem um hospital escola para a unidade de ensino”, concluiu.

Ao final da Reunião Plenária, o deputado Aluísio Lessa (PSB) repassou aos parlamentares informações recebidas pela reitoria da UPE. De acordo com o governista, serão disponibilizadas 49 vagas para professores, no concurso deste ano. Já para 2016, estão previstas mais 55 vagas no primeiro semestre e outras 55 para a segunda metade do ano. Com novos concursos em 2017, a previsão é que, no período de dois anos, o quadro de docentes seja reforçado em 384 profissionais.

Sobre a falta de um hospital escola em Garanhuns, Lessa informou que os alunos realizarão os estágios e residências médicas no Hospital Dom Moura, e em unidades de saúde de cidades do entorno. “Com relação à ida dos estudantes para Recife e Caruaru, a UPE informou que oferecerá ajuda de custo para aqueles que necessitarem”, concluiu.

Alepe

Comentários

Publicidade