Publicidade

Dia Internacional dos Direitos Humanos é comemorado em Pernambuco com lançamento de cartilha

O Programa Estadual de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos lançará, na Torre Malakoff, uma Cartilha, que mostra o papel dos defensores em Pernambuco. Também será apresentada uma exposição de fotos sobre o dia a dia dessas pessoas.

Para marcar o Dia Internacional dos Direitos Humanos, o governo do estado vai lançar, nesta quarta-feira, 10, às 19h, na Torre Malakoff, a Cartilha: Defensores de Direitos Humanos em Pernambuco: Trajetórias, Resistência, Coletividade, uma iniciativa do Programa Estadual de Proteção aos Defensores, PPDDH/PE.

O programa é vinculado a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, através da Secretaria Executiva de Direitos Humanos, em parceria com a Presidência da República. E com essa cartilha, busca mostrar a realidade de defensores/as, que atuam no combate às violações. Eles podem ser: pessoas comuns, ou representantes da Justiça, indígenas, quilombolas, entre outros, além de sensibilizar a sociedade para a necessidade de uma prática na defesa dos direitos humanos cada vez mais compartilhada por todos/as. O evento marca também o fechamento da IV Jornada Estadual de Direitos Humanos.

Através da história de cinco pessoas protegidas pelo PEPDDH/PE, a cartilha presta uma homenagem a todas as mulheres e todos os homens, Defensores e Defensoras dos Direitos Humanos protegidos, que levantam suas bandeiras em favor dos direitos dos povos indígenas e quilombolas, que atuam no combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, defendem o direito das populações camponesas de acessarem a terra e dela sobreviverem, e ainda aqueles, que contribuem para um sistema de justiça isento nas suas práticas.

Atualmente 33 pessoas estão sobre a proteção do estado. São indígenas, quilombolas, representantes da área da Infância e da Juventude, entre outros.

O Programa Estadual de Proteção aos Defensores apresenta também, nesta quarta-feira, 10, a exposição “Luta, Proteção, Vida”, que mostra o dia a dia de três comunidades: do povo Xukuru, em Pesqueira; Quilombo Timbó, na zona rural de Garanhuns; e o acampamento Margarida Alves, em Moreno. Os três trazem em comum as marcas da resistência e do enfrentamento às violações contra o seu povo, a luta pela preservação da terra, pela permanência no território que os gerou. A exposição fica em cartaz até o dia 25 de Janeiro.

Direitos de Todos - Os direitos humanos são conquistas históricas da humanidade, síntese de todas as lutas travadas contra toda forma de violência e opressão. Existem para possibilitar o convívio humano, em especial para a proteção dos mais vulneráveis. Seu conteúdo protetivo ganha força e novo status com a promulgação, em 10 de dezembro de 1948, da Declaração Universal dos Direitos Humanos, documento que integra a conserto do pós-guerra e que eleva esses direitos à condição de titularidade de todos os membros da família humana, em todas as partes do mundo.

Serviço:Lançamento Cartilha:Defensores de Direitos Humanos em Pernambuco: Trajetórias, Resistência, Coletividade,
Data: 10 de Dezembro
Local: Torre Malakoff
Horário: 19h

Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos
Secretaria Executiva de Justiça e Direitos Humanos
Assessoria de Imprensa

Comentários

Publicidade