Publicidade

Petrolândia: Ramon Brás, diretor da Comunidade Terapêutica Peniel fala do trabalho social desenvolvido pela instituição em prol da população de Petrolândia e região


Ramon Brás concedeu entrevista ao radialista e blogueiro Assis Ramalho, no 'Acordando com as Notícias', programa transmitido pela Web Rádio Petrolândia. De acordo com o diretor, os serviços de atendimento a população destinam-se a pessoas com transtornos decorrentes do uso, abuso ou dependência de substância psicoativas. 

O diretor da Comunidade Terapêutica Peniel, sediada na Agrovila 01 do Bloco 01 de Petrolândia, Ramon Brás, foi entrevistado ao vivo pelo radialista e blogueiro Assis Ramalho, no 'Acordando com as Notícias', programa transmitido pela Web Rádio Petrolândia. Na entrevista com a participação de ouvintes, através de mensagens de whatsapp, Brás abordou temas importantes para toda população, bem como sobre a Comunidade Terapêutica Peniel e os acolhimentos de pessoas com problemas relacionados ao uso, abuso ou dependência de substâncias psicoativas, o tratamento gratuito para essas pessoas e o trabalho social para a população de Petrolândia e região.

A entrevista está disponibilizada na íntegra em vídeo ( no final desta matéria).

No mês passado a Comunidade Terapêutica Peniel assinou contrato com o Governo Federal, através do Ministério da Cidadania, por intermédio da Secretaria Nacional de Cuidado e Prevenção às Drogras (Senapred) para ofertar vagas gratuitas de acolhimento a moradores de Petrolândia e de toda a região.

Agora, as famílias terão oportunidade de prevenir, tratar e ressocializar a pessoa com problemas relacionados ao uso, abuso e dependência química de substâncias psicoativas, tais como o álcool, crack, maconha, cocaína, entre outras.

Os serviços de atendimento destinam-se a pessoas com transtornos decorrentes do uso, abuso ou dependência de substância psicoativas, que necessitem de afastamento do ambiente no qual se iniciou, desenvolveu ou se estabeleceu o uso ou a dependência de SPA, tais como álcool, crack, cocaína, dentre outros.

Veja abaixo, íntegra da entrevista com detalhados esclarecimentos de como funciona a Comunidade Terapêutica Peniel em Petrolândia.



Redação do Blog de Assis Ramalho

Comentários

Publicidade