Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

Salgueiro terá campus da Univasf em 2019

Petrolina foi uma das primeiras cidades a ter Câmpus da Univasf.  Foto: Divulgação/Univasf

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) ofertará dois novos cursos de graduação em 2019. Os cursos são Ciência da Computação e Engenharia de Produção e serão oferecidos no novo campus da Univasf, na cidade pernambucana de Salgueiro. Com estas duas graduações, as vagas que a Univasf irá disponibilizar para o próximo ano letivo aumentarão de 1.530 para 1.610 nos 30 cursos presenciais oferecidos pela instituição nos sete campi, localizados nos estados de Pernambuco, Bahia e Piauí.

Todas as vagas serão preenchidas por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2019, que utilizará as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 para classificação dos candidatos. As inscrições no Sisu 2019 serão realizadas de 22 a 25 de janeiro de 2019.

Os cursos do Campus Salgueiro serão de tempo integral, com atividades pela manhã e à tarde, uma entrada anual e terão 40 vagas cada. Engenharia de Produção terá 5 anos de duração e será um curso de primeira entrada, isto é, suas atividades começarão no semestre letivo 2019.1. Já Ciência da Computação terá 4 anos de duração e a primeira turma ingressará no semestre letivo 2019.2.

A pró-reitora de Ensino da Univasf, Monica Tomé, destaca que há muita expectativa em relação ao início das atividades dos novos cursos. “São cursos que foram criados em Salgueiro devido à vocação da região, que se consolidou como um grande polo de logística multimodal. Certamente, haverá muita procura para os cursos da Univasf já nesta primeira oferta”, afirma.

Ela informa que os professores dos semestres iniciais já foram concursados e deverão ser convocados para assumir suas funções até março de 2019. Os cursos irão funcionar no campus provisório da Univasf, que será no prédio da Faculdade de Ciências Humanas do Sertão Central (Fachusc), no Centro da cidade.

O projeto de adaptação a ser implementado na área cedida pela Fachusc à Univasf está finalizado. Segundo o assessor de Infraestrutura da Univasf, Sérgio Motta, a primeira etapa de ajustes físicos na Fachusc terá início ainda este mês e o restante ocorrerá durante o mês de janeiro de 2019. Até o início das aulas do semestre 2019.1 tudo deverá estar concluído no campus provisório para o funcionamento dos cursos.

Motta informa que já foi realizada a licitação para contratação da empresa que irá elaborar o conjunto de projetos arquitetônicos e urbanísticos do campus definitivo. A empresa vencedora é MFL&L Construtora Ltda, de Brasília (DF). Na próxima semana, a equipe da Assessoria de Infraestrutura (Infra) da Univasf fará uma visita ao local junto com a empresa MFL&L. Também irão a Salgueiro o vice-reitor, Telio Nobre Leite, e o secretário de Tecnologia da Informação, Jonildo Cordeiro, para definir alguns detalhes nas ações na Fachusc e no campus definitivo. A elaboração dos projetos será iniciada ainda em dezembro.

Paralelamente, está em andamento no armazém da antiga Rede Ferroviária Federal (RFFSA), que está situado no terreno onde será o campus definitivo, a implantação da estrutura física para o funcionamento do escritório técnico do Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional (PISF). Outras ações que ainda ocorrerão na área são a limpeza do terreno e a realização do serviço de saneamento, que serão realizadas, conjuntamente, pela Prefeitura e pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), por meio de parceria já estabelecida com a Univasf.

Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf)

Comentários

Publicidade