Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

Pelo 8º ano seguido, Humberto é considerado um dos 100 mais influentes do Congresso


O líder da Oposição a Temer no Senado, Humberto Costa (PT-PE), está, mais uma vez, entre os 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional, de acordo com o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). A entidade divulgou a lista de 2018, nessa segunda-feira (18), e, pelo oitavo ano consecutivo, incluiu Humberto entre os “cabeças” do Legislativo brasileiro.

Desde o seu primeiro ano de mandato, em 2011, o senador figura entre os 100 mais importantes parlamentares brasileiros, segundo o Diap. Ele é considerado pelo departamento como um “debatedor” na Casa, isto é, alguém que “exerce real influência nos debates e na definição da agenda prioritária”.

“Com suas questões de ordem, de encaminhamento, discussão de matérias em votação, obstrução do processo deliberativo, domina a cena e contribui decisivamente na dinâmica do Congresso. Faz parte da relação dos parlamentares mais procurados pela imprensa”, informa a entidade.

O PT, maior partido de oposição ao governo Temer, foi, novamente, o de maior número de congressistas presentes no ranking de influência: 19 no total. O PSDB, em segundo, aparece com 14 e o MDB, em terceiro, com 12. Entre os 100 parlamentares citados, 65 são deputados e 35 são senadores.

Para a escolha dos “cabeças” do Congresso, o instituto leva em consideração critérios como a capacidade de conduzir debates e votações, eficiência na leitura da realidade, facilidade para conceber ideias e constituir posições e elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate.

Humberto avalia que a sua capacidade de articulação, aliada à sua atuação firme, coerência de discurso e consistência de proposições apresentadas – um dos parlamentares que mais conseguiu aprovar projetos –, rendeu a ele essa presença na lista em todos os anos do mandato.

Desde que chegou ao Senado, o parlamentar foi eleito líder do PT por quatro vezes, sendo três delas seguidas, foi líder do governo Dilma na Casa e, atualmente, ocupa a liderança da Oposição ao governo Temer.

Em oito anos de mandato, Humberto fez mais de 630 Intervenções em plenário, apresentou 415 proposições, relatou 270 matérias, participou de mais de 30 missões no exterior e viu quatro de seus projetos se transformarem em importantes leis federais, após sanção presidencial, quando a média para um projeto se transformar em lei, segundo o próprio Diap, é de seis anos.

Sempre atento às questões de Pernambuco, o parlamentar montou e equipou cerca de 50 conselhos tutelares em Pernambuco e destinou mais de R$ 240 milhões a dezenas de municípios do Estado por meio de emendas de bancada e individuais.

O montante foi usado em obras de infraestrutura rodoviária, hídrica, turística, esportiva e para a melhoria e estruturação de unidades de saúde, como o Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, o Hospital da Mulher do Recife e o Hospital Geral do Sertão.

Por: Assessoria de Imprensa de Humberto Costa

Comentários

Publicidade