Publicidade

Após encontro com apoiadores de Bolsonaro, Lóssio pode ser expulso do partido e ter candidatura cancelada


A Rede emitiu uma nota pedindo para que Lossio apresente defesa em 24 horas, sob pena de abertura de processo disciplinar, consequente expulsão do quadro partidário e o cancelamento do registro de candidatura ao governo do estado de Pernambuco (Fotos: Raquel Elblaus)


Após encontro, nesta quarta-feira (19), entre o candidato ao governo de Pernambuco pela Rede, Julio Lossio, o postulante a deputado federal Coronel Meira (PRP) e Gilson Machado Neto (PSL), ambos apoiadores da candidatura à Presidência da República de Jair Bolsonaro (PSL), a Rede emitiu uma nota pedindo para que Lossio apresente defesa em 24 horas, sob pena de abertura de processo disciplinar, consequente expulsão do quadro partidário e o cancelamento do registro de candidatura ao governo do estado de Pernambuco.

Além dos políticos, o ex-prefeito de Petrolina também recebeu, no ato, declarações de voto de simpatizantes e apoiadores do presidenciável. Segundo Julio, o apoio de Meira e Gilson será importante para valorizar os policiais militares e diminuir o alto índice de homicídios em Pernambuco. "Eu vinha de uma caminhada isolada. Com o apoio do Meira e Gilson, estamos ganhando força; eles irão agregar nossas propostas para segurança pública do Estado", exaltou.

Para Coronel Meira, o apoio é um acordo de homens de bem por um novo Pernambuco. "Nós, que somos da Direita, não podemos votar em branco. Por isso, vamos eleger Julio Lossio, que é ficha limpa, homem de bem, não tem uma virgula contra ele; é família e é cristão. Sabemos que ele está com Marina e nós, com Bolsonaro. Mas nos juntamos para mudar Pernambuco", ressaltou.

Gilson Machado é um dos principais articuladores da campanha de Bolsonaro no estado. Ele estava presente no ato em Juiz de Fora, no qual o candidato Jair Bolsonaro sofreu um atentado e segue hospitalizado deste então.

O encontro com os apoiadores do candidato à presidência pelo PSL em nada agradou a Executiva Nacional da Rede Sustentabilidade, que notificou o candidato ainda nesta quarta-feira. Confira trecho da nota divulgada pelo partido:

Prezado Sr. Júlio Lóssio,

Considerando a grave ameaça de retrocesso democrático com forças conservadoras tendo a possibilidade de chegar ao segundo turno das eleições presidenciais; considerando a situação do Estado de Pernambuco em que essas mesmas forças conservadoras estão apoiando a candidatura de V.sa ao Governo do Estado; considerando os fatos relatados em diversos jornais de circulação nacional, no Facebook e no convite público para o almoço no dia 19 de setembro de 2018 ao qual V.sa compareceu.

A Executiva Nacional da Rede Sustentabilidade solicita a V.Sa. manifestação, no prazo de 24 (vite e quatro) horas sobre os fatos mencionados, que configuram possível violação do Estatuto da Rede Sustentabilidade, conforme notícias anexas, em que há indícios de infidelidade partidária. Esclarecemos que a não manifestação pode ensejar abertura de processo disciplinar e consequente expulsão do quadro partidário e o cancelamento do registro de candidatura ao governo do estado de Pernambuco, nos termos dos artigos 145,146,e 147, do Estatudo da Rede Sustentabilidade.

Por outro lado o candidato ao governo do estado respondeu a nota da executiva nacional do partido respondendo que:

Minha vida foi sempre de grandes desafios e de muita dificuldade mas sempre entrei nas missões para vencer. Vencer ou não faz parte do jogo mas eu vou até o fim buscando a vitória. Infelizmente, eles perceberam que esse apoio do Coronel Meira e simpatizantes dele e da candidatura de Bolsonaro pode nos levar ao segundo turno e eles têm pavor em contrariar o Palácio das Princesas.

Montamos palanque para Marina na região do Sertão, no Agreste (com nosso Vice Luciano e na região metropolitana ). Nossa aliança com Meira e seus simpatizantes é programática como defende Marina. Absorvermos itens de seu programa de Governo como:

1. Melhoria condições trabalho e salariais de cabos e soldados
2. Investimentos na inteligência das polícia
3 . Parceria com o fortalecimento das guardas municipais

Infelizmente esse pequeno grupo atrapalha nossa campanha e a de Marina. Querem ser donos do partido mas eu nunca aceitei nem aceito cabresto No Rio a Rede pode apoiar Romário que tem outro Presidente. No Acre nosso senador Randolfe caminha com o DEM que vota em Alckmin. Aqui em Pernambuco eu que voto em Marina não posso receber apoio?

Diário de Pernambuco

Comentários

Publicidade