sábado, 22 de setembro de 2018

Armando diz que grupo de 61 lideranças ligadas a Marília migraram para seu palanque

Para o petebista, os aliados de Marília ainda estão inconformados com a manobra promovida pelo Palácio do Campo das Princesas, que culminou com a retirada da neta Miguel Arraes (Foto: Ricardo Labastier/Divulgação)

O candidato ao governo do estado pelo PTB, Armando Monteiro, divulgou que 61 lideranças, entre vereadores, ex-prefeitos e ex-vice-prefeitos do Agreste Meridional que defendiam a pré-candidatura de Marília Arraes (PT) ao governo do estado, lhe hipotecaram apoio neste sábado (22). Para o petebista, os aliados de Marília estão inconformados com a manobra promovida pelo Palácio do Campo das Princesas, que culminou com a retirada da neta do ex-governador Miguel Arraes da disputa. Os vereadores do Agreste resolveram deixar a Frente Popular e aderiram à campanha de Armando.

O apoio foi anunciado em Garanhuns, no Agreste Meridional, onde Armando esteve com os candidatos ao Senado Bruno Araújo (PSDB) e Mendonça Filho (DEM). Falando em nome dos colegas, o vereador de Garanhus Alcindo Correia (PCdoB) destacou o processo antidemocrático que tirou Marília do páreo. “Eles é quem são golpistas. Armando será o futuro governador de Pernambuco”, enfatizou Correia.

Armando agradeceu ao apoio e fez questão de chamar as lideranças de “companheiros de luta”. “Gostaria de fazer uma homenagem à guerreira Marília Arraes. Esse povo acha que tomou conta do estado. Mas o povo livre de Pernambuco vai tirar eles do Palácio”, reforçou Armando. “Vocês são muito bem-vindos”, arrematou.

Em seguida, na companhia do prefeito Izaías Régis (PTB), Armando caminhou pelas ruas da cidade. A caminhada foi seguida de um breve ato, no tradicional Espaço Colunata, na Avenida Santo Antônio. “Perceber o olhar de esperança dos jovens e o de confiança dos mais velhos é uma prova de que Pernambuco quer mudar. O atual governador já teve a chance dele e foi reprovado. Tudo piorou. Agora é a hora de mudar. Eles sabem que vão perder e já começaram o jogo sujo, atingindo as nossas famílias. Mas se vierem quente, vamos devolver fervendo”, afirmou Armando.

Diário de Pernambuco 
Com informações da Coligação Pernambuco Vai Mudar


0 comentários:

Postar um comentário