sábado, 22 de setembro de 2018

Humberto conclama à vitória de Haddad, durante ato político em Jaboatão


Foto: Assessoria Humberto 130

Em passagem por Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, o líder da oposição a Temer no Senado e candidato à reeleição, Humberto Costa (PT), demonstrou total confiança na vitória de Fernando Haddad para a presidência da República. O senador destacou que, em meio ao retrocesso iniciado pelo Governo Temer e o impedimento da candidatura de Lula, Haddad é o nome que o PT oferece para o país retomar os seus tempos de pleno emprego, redução da desigualdade e de mais dignidade para o povo brasileiro.

“A gente precisa colocar no lugar deste presidente que está aí alguém que tenha compromisso com o Brasil, especialmente com o povo mais pobre.”, destacou Humberto, citando as grandes ações de Haddad a frente do Ministério da Educação. “Todos nós queríamos votar no presidente Lula. Eles tanto fizeram, que perseguiram, condenaram, prenderam e, por fim, cassaram a candidatura do nosso presidente. Mas Lula está pedindo ao Brasil que apoie o nome que ele está apresentando: o de melhor ministro da educação que o Brasil já teve que é Fernando Haddad”, disse.


O pronunciamento ocorreu após a caminhada da Frente Popular em Jaboatão dos Guararapes, nessa quinta-feira (20). A comitiva da Frente Popular percorreu as principais ruas dos bairros de Prazeres e Cajueiro Seco. O senador aproveitou a oportunidade para denunciar o desmonte promovido pelo Governo Temer nos programas sociais voltados para o trabalhador. Ele relembrou dos cortes no Bolsa Família, no programa Minha Casa, Minha Vida e da alta do desemprego.

“Nós estamos bem pertinho da eleição e queremos fazer, nestes dias finais, um movimento de reflexão sobre o Brasil e Pernambuco. Nosso povo está vivendo um momento muito difícil no país. Michel, o pior presidente da república que o Brasil já teve, está massacrando nossa população, causando grandes dificuldades para as pessoas”, assinalou.

Humberto voltou a explicar que o governador Paulo Câmara (PSB) teve um papel importante para evitar os impactos da crise em Pernambuco. Mostrou que, apesar da aguda recessão, o estado manteve as contas em dia e realizou importantes investimentos em área cruciais.

“Vamos continuar no caminho que está dando certo. O governador que conseguiu levar Pernambuco bem nesta crise, que garantiu o estado de pé e que também teve condições de fazer investimentos em saúde, educação, segurança e abastecimento d’água para o nosso povo, precisa continuar”, frisou o senador, relembrando que Haddad e Paulo Câmara vão reeditar a parceria de sucesso feita entre o ex-presidente Lula e Eduardo Campos.

Assessoria de Imprensa Humberto Costa


0 comentários:

Postar um comentário