sábado, 4 de agosto de 2018

Lideranças de oposição de Petrolândia prestigiam convenção de Armando Monteiro no Classic Hall, em Olinda.

 
  

Os vereadores da bancada da oposição na Câmara de Petrolândia José Luiz (Zé Pezão), Jorge Viana e o ex-vereador Fabiano Jaques Marques, estiveram presentes no lançamento da coligação "Pernambuco Vai Mudar" que oficializou, neste sábado (4), a candidatura de Armando Monteiro Neto (PTB) ao governo de Pernambuco. O nome foi divulgado em convenção no Classic Hall, em Olinda, no Grande Recife. Além do PTB, outros 12 partidos compõem a chapa: DEM, PSDB, PR, Podemos, PSC, PPS, PMB, PSDC, PV, PSL, PHS e PRTB. O vereador do Recife Fred Ferreira (PSC) é o candidato a vice-governador.

"Participamos hoje em Recife da convenção da coligação Pernambuco vai mudar, encabeçada pelo futuro governador Armando Monteiro. Na oportunidade estive acompanhado dos vereadores Zé pezão e Jorge Viana. Tivemos a oportunidade de ver de perto o entusiasmo das pessoas na esperança de um Pernambuco melhor" Disse Fabiano Jaques Marques.

Armando, em seu primeiro discurso após a oficialização do cargo, declarou que a população espera por novidades na gestão do estado. "Ser novo é ser honesto, é ter a vida limpa, é ter compromisso. Ser novo é entender que tem que governar de forma transparente e com humildade. Os governos têm que cortar privilégios. Essa é a linha de compromisso desse palanque", discursou.

"Para isso, é preciso estar pronto para essa tarefa. E eu quero dizer, de forma humilde, que me sinto pronto pra mudar. Com a experiência e com a capacidade de ouvir mais para errar menos, para ter um olhar para o cotidiano sofrido, para essa gente que sofre, mas não perde a esperança. É a hora de Pernambuco homenagear o seu próprio povo", complementou.

Sobre a segurança pública em Pernambuco, um dos temas de que tratou no palanque, ele declarou que, caso eleito, a gestão será feita com autoridade. "Autoridade não é autoritarismo, mas não é ser omisso. Nós vamos restaurar a autoridade em Pernambuco", explicou.

Natural do Recife, Armando Monteiro Neto exerce mandato de senador por Pernambuco desde 2011. Foi eleito deputado federal por três vezes (1998, 2002 e 2006), presidente da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe), presidente da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), além de ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior na gestão da ex-presidente Dilma Rousseff. O candidato é formado em administração de empresas na Fundação Getúlio Vargas (FGV), no Rio de Janeiro, e em direito pela Universidade Federal de Pernambuco. Em 2014, também disputou a eleição para governador do estado.

Os ex-ministros Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB) são os candidatos a senador pela chapa majoritária. Além disso, no total, a coligação "Pernambuco Vai Mudar" tem 27 candidatos a deputado federal e 67 candidatos a deputado estadual.

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) destacou que o Estado precisa mudar “porque está decepcionado com o resultado de um governo tímido e acanhado”. “Nesses últimos quatro anos, Pernambuco vai investir metade do que investiu nos anos anteriores, ficará atrás da Bahia, Ceará. Isso se expressa nos indicadores da saúde, nos hospitais que foram prometidos e não construídos. A falta de investimento é evidente nos alarmantes indicadores de segurança do nosso Estado. O Pacto pela Vida, que era uma referência, foi destruído. Não tenho dúvidas que a mudança vai prevalecer com Armando”, enfatizou.

Blog de Assis Ramalho


0 comentários:

Postar um comentário