sábado, 7 de março de 2015

Deputada Simone Santana destaca igualdade da mulher e elogia lei que criminaliza feminicídio

Deputada estadual Simone Santana

A deputada Simone Santana, do PSB, comemorou, nessa quinta-feira (cinco de março), a aprovação do projeto de lei federal que inclui o assassinato de mulheres por questão de gênero, chamado de feminicídio, como crime hediondo e homicídio qualificado. A parlamentar considera a proposta um avanço, por reconhecer que as mulheres ainda não são tratadas de forma igualitária. A matéria aguarda sanção da presidente Dilma Rousseff.

Simone destacou a previsão de aumento da pena quando o crime acontecer durante a gestação ou nos três meses após o parto, e também quando atinge adolescentes, idosas ou portadoras de deficiência. A parlamentar defendeu o combate à violência de gênero no Brasil, lembrando que, na maioria dos casos, as mulheres agredidas têm relação de parentesco ou de afeto com o agressor.

Apesar do passo importante, a deputada afirmou que o trabalho pela igualdade das mulheres ainda precisa avançar no Brasil. Como exemplo, citou que diversos países da América Latina já haviam aprovado a tipificação do feminicídio, como Chile, México e Peru.

Produção Rádio Alepe

Nenhum comentário:

Postar um comentário