sexta-feira, 14 de janeiro de 2022

Envio para Pernambuco de 55 mil doses de vacina contra Covid para crianças de 5 a 11 anos atrasa e lote não chega ao estado


O primeiro lote da vacina da Pfizer contra Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos que estava previsto para chegar a Pernambuco na madrugada desta sexta-feira (14) não chegou ao estado. A informação foi confirmada no início da manhã pela Secretaria Estadual de Saúde, que não divulgou uma nova previsão de chegada do imunizante.

Com esse atraso, o governo estadual ainda aguarda a chegada de 55 mil doses para iniciar a imunização desse público. A previsão informada pelo Ministério da Saúde era de que o avião com as doses para Pernambuco saísse de São Paulo às 22h15 da quinta (13) e pousasse à 1h20 desta sexta (14) no Aeroporto Internacional do Recife, na Zona Sul da cidade (veja vídeo abaixo).

Atraso de voo adia o início da vacinação para crianças em Pernambuco

O voo que transportaria as doses da vacina pediátrica para Pernambuco é operado pela Latam. Por meio de nota, a companhia aérea afirmou que recebeu o lote do imunizante na manhã desta sexta-feira (14). "Assim que tivermos a nova programação de voos, compartilharemos", disse, no texto.

A TV Globo procurou o Ministério da Saúde para saber o que causou o atraso na chegada das doses a Pernambuco e qual é a nova previsão de o estado receber o lote, mas não recebeu resposta até a última atualização desta reportagem.

Em entrevista ao Bom Dia PE, na manhã da quinta-feira (13), a superintendente de imunizações do estado, Ana Catarina de Melo, havia informado que a distribuição das doses para todas as regionais de saúde do estado ocorreria no sábado (15), mas o cronograma pode ser modificado por causa da não chegada da vacina a Pernambuco (veja vídeo acima).

As primeiras unidades do imunizante chegaram a São Paulo na madrugada da quinta-feira (13). As doses pediátricas são distribuídas pelo Ministério da Saúde de acordo com o critério populacional, ou seja, segundo a quantidade de crianças por estado.

O imunizante saiu de Amsterdam, na Holanda, e foi descarregado às 4h38 da quinta-feira (13) no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP) com auxílio da Receita Federal e da Polícia Federal e seguiu para o centro de distribuição do Ministério da Saúde, em Guarulhos (SP), por volta das 8h.

No dia 16 de dezembro, a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a vacinação de crianças desta faixa etária. A vacina pediátrica tem diferenças em relação à aplicada nos adultos. Por isso, a União adquiriu uma versão específica com dosagens e frascos diferentes, apesar de o princípio ativo ser o mesmo.

Em 20 de dezembro de 2021, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que a "pressa é inimiga da perfeição". Na noite de 23 de dezembro, o Ministério da Saúde abriu uma consulta pública sobre vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid.

No dia 3 de janeiro de 2022, Queiroga antecipou que as doses pediátricas chegariam ao Brasil na segunda quinzena deste mês. Sem apresentar um cronograma de aplicação, o ministro disse também que a vacina estará disponível para os pais que queiram imunizar seus filhos.

Em 4 de janeiro, o Ministério da Saúde apresentou os resultados da consulta pública e também convidou entidades e profissionais ligados ao tema para uma audiência pública. Sociedades médicas e científicas defenderam a vacinação de crianças.

Por g1 PE e TV Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário