terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Conselho Deliberativo da Sudene avalia aplicação de R$ 24,3 bi em recursos para o NE em 2019


Empreendedores que desejam investir no Nordeste devem começar 2019 com uma boa notícia: o Conselho Deliberativo da Sudene avalia nesta terça-feira (11) em Brasília as prioridades de aplicação de mais de R$ 24 bilhões para financiamentos de projetos na área de atuação da autarquia. O valor estará disponível através de operações de crédito que envolvem os Fundos Constitucional (FNE) e de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE).

Grande parte da pauta a ser apreciada pelo colegiado máximo da Sudene diz respeito às diretrizes de aplicação e programação de recursos dos fundos regionais. Com orçamento previsto de R$ 23,7 bilhões para o FNE em 2019, o Banco do Nordeste (BNB), agente operador do fundo, estima a aplicação de R$ 8 bi para a área de infraestrutura, R$ 15,4 bi para os demais setores (agricultura, pecuária, indústria, agroindústria, turismo e comércio / serviços) e R$ 300 milhões para o Programa de Financiamento Estudantil (FIES). Já o Fundo de Desenvolvimento do Nordeste, administrado pela Sudene, soma R$ 650 milhões para o financiamento de projetos para o ano que vem.

Os conselheiros também irão apreciar outras duas propostas que visam aperfeiçoar a administração do FNE: a criação de uma ouvidoria e de um comitê de acompanhamento. A primeira vai atender sugestões e reclamações de agentes econômicos e de suas entidades representativas quanto aos processos normativos e operacionais do fundo constitucional. A instituição do comitê, por sua vez, busca aumentar o diálogo e integração entre os atores governamentais e não-governamentais que tenham interesse na aplicação dos recursos do FNE, facilitando a divulgação de informações.

Todo o conteúdo a ser apreciado no encontro desta terça-feira está publicado aqui.

Assessoria de Comunicação Social e Marketing Institucional
Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário