Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

Moção de repúdio às práticas de implantação e funcionamento do sistema de cadastro único pela caixa econômica.


O grupo virtual de Coordenadores(as) do cadastro único e Gestores(as) do Bolsa família de Pernambuco representando 112 municípios de Pernambuco, vem a público manifestar o seu repúdio à condução dos processos de implantação da nova versão do sistema de cadastro único pela caixa econômica, que ocorreu no último dia 07 de julho em todo país, à revelia dos princípios e fundamentos que deveriam nortear o planejamento estratégico das políticas públicas, numa perspectiva democrática. Essa implantação tem causado transtorno e prejuízo aos usuários e aos municípios quando foi implantado sem nenhum teste prévio evitando assim que os municípios não viessem a parar seus trabalhos, a falta de comunicação oficial da caixa econômica em assumir que o sistema não está funcionado, deixa os coordenadores e gestores à mercê da sorte, dos assédios morais, causando transtorno psicológico, emocional e indignação por parte dos gestores e coordenadores. 

É imperativo que o processo de implantação do novo sistema do cadastro único pela caixa econômica seja pautado pelo respeito aos usuários dos programas sociais, gestores e coordenadores observando as dificuldades e diversidades de cada município.

É inaceitável que no processo de implantação do sistema do cadastro único sejam desrespeitados os princípios básicos de informação aos gestores e coordenadores.

E inaceitável a falta de profissionalismo dos atendentes do 0800 726 0207 da da caixa econômica 0800 707 2003 do Ministério do desenvolvimento social que não conseguem resolver as questões técnicas e transferem para os municípios toda culpa e responsabilidade.

É inaceitável a falta de comunicação entre a caixa econômica e ministério do desenvolvimento social que até o momento não fez uma declaração oficial sobre essa situação.

A constituição de uma sociedade livre, justa e democrática pressupõe o reconhecimento da legitimidade de todos os interessados na construção do processo decisório e no constante exercício do controle sobre as decisões tomadas.

É por isso que, em consenso geral, repudiamos a forma arbitrária como vem sendo conduzido esse processo e exigimos o respeito aos princípios básicos.
*
ASSINAR Abaixo-Assinado

Petição Pública Brasil

Comentários

Publicidade