sábado, 21 de abril de 2018

À PF, Joesley cita repasse de R$ 110 milhões para Aécio em 2014


Em poucas horas nesta sexta-feira (20), a situação do senador Aécio Neves (PSDB-MG), que virou réu no Supremo Tribunal Federal (STF) esta semana acusado de corrupção e obstrução de Justiça, se agravou com o surgimento de novas informações. Em novo depoimento prestado à Polícia Federal na quinta-feira, o empresário Joesley Batista afirmou ter repassado R$ 110 milhões a Aécio Neves durante a campanha eleitoral de 2014.

 A informação foi publicada pelo jornal O GLOBO.Segundo O GLOBO, Joesley teria confirmado que os repasses milionários ao tucano estariam atrelados à futura atuação de Aécio em favor dos negócios do grupo J&F. O repasse milionário teria sido dividido pelos tucanos com outros partidos que apoiaram Aécio. Para comprovar os repasses, Joesley ainda entregou aos investigadores uma extensa planilha de “doações” e um calhamaço de notas fiscais e recibos que comprovariam que parte da bolada foi repassada via doações oficias e outra parte, via caixa dois.

Extra RJ


0 comentários:

Postar um comentário