terça-feira, 27 de março de 2018

Minha Casa Minha Vida Rural: Petrolina disponibiliza critérios do programa no site oficial da prefeitura

Medida visa dar transparência para programa que será implementado no município.

Os agricultores familiares, trabalhadores rurais e de comunidades tradicionais de Petrolina, interessados em participar do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), no âmbito do Minha Casa Minha Vida do Governo Federal, já podem conhecer os critérios de seleção do programa. O documento, que contém os dados da Portaria nº 268 de 22 de março de 2017 já está disponível no site da prefeitura (www.petrolina.pe.gov.br). Para acessar, basta clicar no banner do PNHR, localizado abaixo da seção de notícias do portal.

A medida visa dar transparência ao processo seletivo do PNHR, uma vez que Petrolina está na lista de cidades que apresentaram projetos para a Caixa Econômica Federal e que estão sendo avaliados, como explica o secretário de Infraestrutura, Habitação e Mobilidade, Fred Machado. “O nosso prefeito Miguel Coelho já recebeu um sinal verde do Ministro das Cidades Alexandre Baldy para a ampliação do Minha Casa Minha Vida e também da construção de casas na zona rural do município. Ainda não dá pra adiantar detalhes, já que a Caixa está avaliando os projetos apresentados por várias cidades para uma melhor distribuição dos recursos, mas temos a expectativa de que muito em breve vamos iniciar o cadastramento para que muitos agricultores petrolinenses possam ter uma moradia digna”, destaca Machado.

O PNHR

O Programa Nacional de Habitação Rural​ foi criado pelo Governo Federal no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida, através da Lei 11.977/2009 e com a finalidade de possibilitar ao agricultor familiar, trabalhador rural e comunidades tradicionais o acesso à moradia digna no campo, seja construindo uma nova casa ou reformando/ampliando/concluindo uma existente.​ O programa é destinado a agricultores familiares e trabalhadores rurais com renda bruta anual até R$ 78.000,00. 

Texto: Felipe Pereira - AsCom Prefeitura de Petrolina


0 comentários:

Postar um comentário