Publicidade />

SARA garante abastecimento de água para comunidades rurais do Sertão de PE


A população residente em comunidades rurais do município de Tacaratu, no Sertão do Estado, comemorou neste final de ano o anúncio de que terá garantido o amplo acesso à água. Na terça-feira, dia 22, o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota, assinou ordem de serviço para execução das obras de construção de sistemas simplificados de abastecimento naquela região. A assinatura foi feita também pelo prefeito José Gerson e o deputado estadual Rodrigo Novaes, durante solenidade que reuniu moradores, vereadores e demais secretários municipais.

Em seu discurso, o secretário Nilton Mota destacou a satisfação de estar no município para o anúncio do projeto, que vai transformar a realidade de muitas famílias daquela região. “A água vai garantir a dignidade e a cidadania dessas pessoas, fruto do compromisso do Governador Paulo Câmara, que junto com sua equipe vem dando prioridade a esse assunto, concentrando esforços num ano de muitas dificuldades e da crise hídrica que assola o nosso Estado”, pontuou.
O prefeito José Gerson, por sua vez, agradeceu o empenho e a dedicação do secretário e do deputado em somarem esforços para que Tacaratu fosse contemplado com o projeto.

Aproximadamente mil pessoas dos sítios Trairas I e II, além do sítio Salgado, vão ser beneficiadas com mais uma ação da SARA para o fortalecimento da segurança hídrica do Estado. O investimento total será de R$ 1,040 milhão, por meio de convênio com o Ministério da Integração Nacional. Até abril do próximo ano, os sistemas estarão prontos para inauguração. “Para nós, foi o melhor presente de Natal que poderíamos ter recebido. O maior sofrimento do sertanejo é a falta d’água, a grande riqueza deste mundo”, comentou o agricultor Virgílio da Silva, 80 anos.

Veja mais detalhes do convênio que irá beneficiar outros municípios do Sertão de PE
Um convênio firmado entre o Governo do Pernambuco, por meio da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária, e o Ministério da Integração Nacional vai garantir o abastecimento de água no Sertão pernambucano, beneficiando moradores das comunidades rurais localizadas ao longo dos canais do Projeto de Integração do Rio São Francisco. O termo de compromisso para implantação, operação e manutenção de 42 sistemas de abastecimento foi assinado em Floresta.

Os sistemas de abastecimento coordenados pela SARA contemplarão os municípios de Floresta, Cabrobó, Parnamirim, Verdejante, Betânia, Custódia, Salgueiro, Sertânia, Terra Nova e Mirandiba. Com prazo de 24 meses para conclusão, a execução da obra será feita por etapas. Outros 10 sistemas serão implantados pela Compesa. No total, os investimentos somam R$ 136,8 milhões, de convênios com o Ministério da Integração, beneficiando 40 mil pessoas em 173 localidades, entre assentamentos, quilombolas e rurais. 

Projeto de Integração - Os dois eixos têm 477 quilômetros de extensão, sendo 260 quilômetros no Eixo Norte e 217 quilômetros no Eixo Leste. A obra vai beneficiar 12 milhões de pessoas em 390 municípios em Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Os sistemas de abastecimento são de fundamental importância para o projeto, tendo em vista o aproveitamento das águas dos canais de integração do São Francisco, melhorando as condições de vida da população do semiárido nordestino.

Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco

Comentários

Publicidade