segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Cepe descerra placas comemorativas dos 100 anos da Imprensa Oficial pernambucana


Em solenidade prestigiada pelos funcionários, a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) realizou, nesta segunda-feira (28.12), o descerramento de três placas comemorativas dos 100 anos da Imprensa Oficial do Estado de Pernambuco, criada pelo governador Manuel Borba em 27 de dezembro de 1915.Elas foram descerradas por diferentes gerações de funcionários da Cepe, a jornalista Ariadne Quintella, o gerente gráfico Júlio Gonçalves e o auxiliar administrativo Marcelo Maia.

Uma das placas, alusiva à importância do funcionalismo no desenvolvimento da empresa, tem as seguintes inscrições: “Homenagem da Cepe aos seus funcionários na passagem dos 100 anos da Imprensa Oficial do Estado de Pernambuco, em 27 de dezembro de 2015”. Outra, foi entregue pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), durante sessão solene realizada no dia 14 de dezembro, a partir de requerimento do deputado Waldemar Borges. Já a terceira assinala a inauguração da própria Cepe, em 1970.

“Essas placas são registros que vão ficar para as novas gerações de funcionários e para todas as pessoas que visitarem a Cepe”, disse o presidente da empresa, Ricardo Leitão, que também discorreu sobre o conjunto de atividades e ações comemorativas do centenário que foram desenvolvidas ao longo de 2015, como o concurso de logomarca, com a participação de designers de quase todo o país; o Prêmio Nacional Cepe de Literatura, com inscrições efetuadas até em outros países; e a Feira Nordestina do Livro (Fenelivro).

As comemorações continuam durante o ano de 2016, começando com o lançamento, no dia 14 de janeiro, do Almanaque Centenário, livro que, paralelamente à história da Imprensa Oficial, registra, com muitas ilustrações, os principais fatos ocorridos em Pernambuco, no Brasil e no mundo durante os últimos 100 anos. Foi no dia 14 de janeiro de 1916 que circulou, pela primeira vez, o jornal Imprensa Official.

CEPE/Blog de Notícias do Governo de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário