sexta-feira, 3 de julho de 2015

Clientes do BB são feitos reféns em tentativa de assalto no Recife

Ação dos ladrões aconteceu no primeiro piso da agência (Foto: Reprodução/TV Globo)

A agência do Banco do Brasil que fica na Rua da Hora, no bairro do Espinheiro, Zona Norte doRecife, sofreu uma tentativa de assalto, no fim da manhã desta sexta-feira (3). De acordo com o major Daniel Dias, subcomandante do 13º Batalhão da Polícia Militar, que atende a região, os criminosos fizeram reféns dentro do banheiro todos os clientes que estavam no primeiro andar da agência. Três suspeitos participaram da ação; um foi preso e dois conseguiram fugir. Ninguém ficou ferido e não foi levada nenhuma quantia da agência.

"Quando chegamos, o que estava saindo da agência com o dinheiro viu o policiamento e se rendeu. Os outros dois fugiram por uma janela do primeiro andar. Fizemos diligências na área mas não conseguimos deter os outros elementos", detalhou major Dias. De acordo com ele, a quantia recuperada que estava nos malotes ainda está sendo contabilizada pelo banco. O suspeito preso tem 25 anos.



Quando chegaram à agência, os ladrões se dirigiram ao primeiro andar e renderam o vigilante daquele piso, tomando a arma dele. Os clientes foram colocados no banheiro, mas não sofreram violência física. "Não se sabe se as armas que eles portavam antes de tomar a do vigilante eram verdadeiras", conta major Dias. Os bandidos foram direto para o cofre, que conta com uma programação de abertura. "Por isso, eles recolheram o dinheiro dos caixas", completou.

O diretor executivo do Sindicato dos Bancários, João Rufino, avaliou como bastante ousada a ação dos ladrões. "Essa agência tem quatro vigilantes e ainda o rendeiro da hora do almoço. Além de todos os itens de segurança, com exceção do vidro blindado. Eles só conseguiram render o vigilante pelo fator surpresa. E porque, infelizmente, houve o equívoco de ele estar sozinho no primeiro andar. A lei municipal é bem clara, tem que ter dois vigilantes por pavimento na agência", observou.

G1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário