Publicidade

Ex-presidente de Câmara de Vereadores em PE é líder de quadrilha que fraudou licitações, diz polícia

Materiais apreendidos foram levados para a sede do GOE, no bairro do Cordeiro, no Recife (Foto: Mônica Silveira/TV Globo)
Um ex-presidente da Câmara de Vereadores de Paulista, no Grande Recife, é apontado pela Polícia Civil como líder de uma quadrilha responsável por fraudes em licitações, lavagem de dinheiro, corrupção, uso de documentos falsos e peculato. Iranildo Domício de Lima foi um dos alvos da Operação Chaminé, que cumpriu quatro mandados de prisão e 10 de busca e apreensão. (Veja vídeo acima)

Segundo a corporação, a quantia desviada pelo grupo, entre 2013 e 2105, chega a R$ 700 mil. Os detalhes foram apresentados em entrevista coletiva, na sede da Polícia Civil, no Recife, nesta segunda-feira (13).

De acordo com a Polícia Civil, Iranildo é investigado por receber dinheiro de empresários da construção civil para favorecê-los em licitações. Segundo a polícia, também teria se apropriado de verbas destinadas a obras na Câmara de Vereadores.

Também forram presos, na sexta-feira (10), a advogada Lúcia Maria do Nascimento, o empresário da construção civil Elias Ulisses da Silva, além de Mauro Monteiro de Melo e José Roberto Santos Silva.

Lúcia atuava como integrante do conselho de licitações da Câmara de Vereadores de Paulista, segundo a polícia. A investigação aponta que a conta bancária dela foi usada para lavar o dinheiro desviado nas licitações fraudulentas.

G1 PE

Comentários

Publicidade