Publicidade
ESTE BLOG ESTÁ EM REFORMA. AGRADECEMOS A COMPREENSÃO.

Milan está disposto a pagar multa rescisória de Lucas Paquetá, diz ex-presidente do Fla


Lucas Paquetá pode ser a próxima joia que deve deixar o Flamengo, após Vinicius Jr. acertar com o Real Madrid e Felipe Vizeu ir para Udinese. Nesta quinta-feira, o ex-presidente do clube, Kléber Leite, afirmou em seu blog que o Milan deve pagar a multa do meia-atacante, de 20 anos, que é de 50 milhões de euros (cerca de R$ 215,8 milhões na cotação atual) para poder contar com o brasileiro no seu elenco ainda nesta temporada.
Para isso, segundo as apurações de Kleber, o Milan deve vender um dos seus maiores destaques na última temporada, o espanhol Suso, e só depois disso vai se dedicar a tirar Paquetá do Flamengo.

“Uma possível péssima notícia. O Milan está na dependência de vender um jogador e, o tema está bem encaminhado, para vir aqui depositar a multa de 50 milhões de euros e levar Paquetá. Infelizmente, a notícia é quente. Resta torcer para que a negociação de venda deles de para trás", escreveu o ex-dirigente, que é jornalista, em seu blog na internet.


Com problemas financeiros e sancionado pela Uefa, o Milan precisa de dinheiro para investir em contratações na próxima janela de transferências, pois punido por dois anos sem participar das competições continentais. A tendência é que perca os seus melhores jogadores, como Suso e Donnarumma.

Atualmente, Lucas Paquetá se transformou em um atleta fundamental no Flamengo, com grande destaque na temporada, e mais ainda para o esquema adotado pelo técnico Mauricio Barbieri. O meia tem ficado mais recuado, quase ao lado de Gustavo Cuéllar, mas ainda aparece como elemento surpresa no ataque.

Paquetá já atuou em 31 jogos do Flamengo em 2018, com seis gols marcados e cinco assistências. Desde que subiu para o profissional, o jovem de 20 anos jogou em 70 partidas, marcou 12 gols e deu seis passes.

Extra-RJ

Comentários

Publicidade