sábado, 21 de julho de 2018

Lula, o filho ilustre dos pernambucanos; o diferencial das eleições

Presidente veio diversas vezes a Pernambuco, sua terra natal, quando era presidente. Ele visitou o assentamento da Normandia (Caruaru): Foto: Assis Ramalho/BlogAR

O prefeito de Saloá, Manoel Ricardo de Andrade Lima Alves (MDB), tem um discurso semelhante ao do prefeito Águas Belas, Luiz Aroldo de Lima (PT). Ambos avaliam que a população está apática com as eleições estaduais, mas eles acham que a disputa pode ser embalada com a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O primeiro, no entanto, não acredita que a postulação do petista vá adiante, mas o segundo vê a influência crescente de Lula na disputa, mesmo ele estando preso. A análise do prefeito petista segue o ritmo da pré-campanha. Os três principais pré-candidatos ao governo do estado declararam apoio ao ex-presidente, sendo Marília Arraes a primeira. Em Pernambuco, Lula desponta com 65% na pesquisa estimulada da Datamétrica no primeiro turno e 74% no segundo. Ou seja, ele ganha em todos os cenários e com vantagem.


Manoel Ricardo pretende apoiar a reeleição de Paulo Câmara (PSB), enquanto Luiz Aroldo disse esperar, disciplinadamente, uma posição do PT nacional para se posicionar. Ele vai apoiar Marília Arraes ou Paulo Câmara, conforme a decisão do partido. “Acho que a abstenção será grande nessa eleição de 2018, no Agreste. A crise será grande por causa dessas denúncias de corrupção, está deixando muita gente sem muita vontade de ir às urnas, mesmo sendo aqui a região de Lula. Sendo ele candidato, a situação é um pouco diferente, mas não acho que ele será candidato”, declarou o prefeito de Saloá.

Para Luiz Aroldo, um dos poucos prefeitos petistas do estado, o diferencial da região agrestina é ter dado ao Brasil o seu filho mais ilustre: Lula. Ele lembra que, em 2014, Lula não estava preso, andou pelo estado nas eleições e vai ter um peso ainda maior na disputa deste ano, por conta da injustiça cometida contra ele. “Lula nasceu em Caetés. Se Lula mandar votar em qualquer pessoa, o povo do Agreste vai seguir o que ele disser. O Agreste marchará unido para tirar Lula da cadeia”, avaliou Luiz Aroldo. (Aline Moura).

Por: Diário de Pernambuco


0 comentários:

Postar um comentário