terça-feira, 23 de janeiro de 2018

PF assumirá investigação de queda de helicóptero da Globo no Recife (vídeos)


A Polícia Federal (PF) assumirá as investigações sobre a queda de um helicóptero da TV Globo ocorrida no início da manhã desta terça-feira (23), na praia de Brasília Teimosa, na Zona Sul do Recife. Uma equipe com delegado e peritos da instituição esteve no local do acidente e acompanhou as apurações preliminares de profissionais do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa II).

O prazo para que o inquérito seja concluído é de 90 dias. "É um acidente aeronáutico e faremos a nossa investigação para apurar o que aconteceu, descartando qualquer possibilidade de crime. Ainda é cedo para apontar qualquer causa", afirmou o delegado federal Dário Sá Leitão.




Pela manhã, uma equipe da Polícia Civil também esteve no local e, segundo a PF, nada impede que a instituição prossiga com seus procedimentos investigativo e chegue a suas conclusões. Já a operação de resgate dos destroços do helicóptero está sendo feita por meio de uma força-tarefa. "Marinha, Aeronáutica, bombeiros, todos estão ajudando nessa retirada", afirmou Sá Leitão.

A maré atingirá seu ponto mais baixo por volta das 14h desta terça, mas, antes disso, o Corpo de Bombeiros, em parceria com a Capitania dos Portos, espera iniciar a retirada da aeronave. O procedimento será feito por meio de boias, que devem levar a estrutura a flutuar. Pedaços menores do helicóptero já foram removidos da água e periciados, na areia, pelos profissionais do Seripa II.

Dois representantes da empresa Helisae, que há 15 anos trabalhava com o helicóptero a serviço da TV Globo, também acompanharam parte dos trabalhos. O material será levado para um hangar da Helisae no Aeroporto Internacional do Recife, também na Zona Sul da Cidade.

Leia também
[Galeria] Confira imagens da queda do helicóptero da Globo no Recife
Moradores dizem ter visto ave atingir helicóptero da Globo
Helicóptero da Rede Globo cai no Recife; veja vídeo

Por: Folha de Pernambuco


0 comentários:

Postar um comentário