Publicidade

Desabamento de prédio em chamas no Irã mata 30 bombeiros


Um alto edifício da capital do Irã pegou fogo e desabou nesta quinta-feira, matando ao menos 30 bombeiros e ferindo outras 75 pessoas, informou a mídia estatal Press TV. O desastre se abateu sobre o edifício Plasco, uma estrutura icônica de 17 andares no centro de Teerã e ao norte do principal mercado. A razão do incêndio ainda não foi descoberta.

Os bombeiros lutaram durante horas para apaziguar o fogo, enquanto a polícia tentou conter comerciantes que tentavam voltar para salvar suas mercadorias. O edifício, no entanto, ruiu em questão de segundos, um evento que foi mostrado ao vivo pela televisão. Jalal Maleki, o porta-voz do Corpo de Bombeiros, afirmou que dez postos dos bombeiros atenderam o chamado do Plasco, que surgiu perto das 8h, horário local.


O edifício foi construído no início da década de 1960 pelo empresário judeu iraniano Habib Elghanian, e foi o mais alto de seu tempo. Elghanian foi acusado de espionagem e executado após a Revolução Islâmica de 1979, um movimento que fez boa parte da comunidade judia do país emigrar.

Por: Associated Press.

Comentários

Publicidade