Publicidade

Humberto Costa acompanha ministros em visita às obras da transposição do Rio São Francisco. Confira vídeo.

"No governo atual, essa obra andou demais. A gente tá tendo oportunidade de fazer o primeiro bombeamento d´água, os primeiros quinze quilômetros", citou a ministra Miriam. "Até a próxima semana a Barragem de Areias deve estar cheia".

Os ministros Francisco Teixeira, da Integração Nacional, e Miriam Belchior, de Planejamento, Orçamento e Gestão, estiveram nesta quarta-feira (22) nas obras do projeto de Transposição do Rio São Francisco, em Floresta, Sertão de Pernambuco. A visita, que serviu também como uma vistoria, foi acompanhada pelo líder do PT no Senador Federal, Humberto Costa. Na última segunda-feira (13) foram iniciados os testes da estação de bombeamento EBV-1, que cobre o eixo leste do projeto. Parte da água já começou a abastecer a Barragem de Areias, num percurso de 15 quilômetros.

Além de visitar a barragem, a comitiva conheceu toda a estrutura das salas de controle, o canal por onde a água está sendo levada e como a primeira bomba ativada está trabalhando. Engenheiros explicaram todo passo a passo do Projeto de Integração do Rio São Francisco. A EBV-1 possui dois conjuntos de motobombas instalados, com cada uma pesando cerca de 100 toneladas.

"A importância dessa obra é gigantesca, para milhões de pernambucanos, de nordestinos que, ao longo de de suas vidas, não tiveram acesso a água", explicou o senador Humberto Costa. "Isso vai, também, promover desenvolvimento para nossa região e melhor condição de vida. E, acima de tudo, dignidade para nosso povo", salientou.

As estruturas do Eixo Leste vão elevar a água em 300 metros acima do nível médio do lago de Itaparica até o ponto mais alto do canal. Uma altura que pode ser comparada a um edifício de 100 andares. No Eixo Norte, a água será elevada, aproximadamente, 181 metros acima do nível do rio São Francisco.

"No governo atual, essa obra andou demais. A gente tá tendo oportunidade de fazer o primeiro bombeamento d´água, os primeiros quinze quilômetros", citou a ministra Miriam. "Até a próxima semana a Barragem de Areias deve estar cheia".

O ministro Francisco Teixeira lembrou a emoção e a simbologia da obra. "São 12 milhões de pessoas com abastecimento de água garantido em 390 cidades. São quatro estados, Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte", explicou. "Tudo num futuro breve. Uma obra desse porte, complexa, não é trivial", salientou.

As obras do projeto deverão ser concluídas até dezembro do próximo ano. Atualmente 11.493 trabalhadores atuam em sua construção com 4.101 máquinas em operação ao longo dos 477 km de extensão das obras. Até junho de 2015 deverão estar concluídas as obras até o reservatório Jati (CE) no Eixo Norte, até o reservatório Moxotó (PE) no Eixo Leste, que totalizam quase 300 km.


Assessoria de Imprensa do senador Humberto Costa

Comentários

Publicidade