quarta-feira, 2 de julho de 2014

Obras de abastecimento d’água da Codevasf beneficiarão comunidades rurais do Sertão de PE

Os sistemas de abastecimento beneficiarão comunidades rurais de Cabrobó, Itacuruba, Petrolândia, Tacaratu e Jatobá..

Comunidades rurais localizadas em cidades do sertão de Pernambuco serão beneficiadas com obras de abastecimento d’água executadas pela Companhia de Desenvolvimento dos Vale do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). A 3ª Superintendência Regional, localizada em Petrolina (PE), estará à frente dessas intervenções que estão orçadas em R$ 11,3 milhões, recursos do Ministério da Integração Nacional repassados à Codevasf dentro do Programa de Revitalização da Bacia do São Francisco.

Os sistemas de abastecimento correspondem à segunda etapa do serviço e beneficiarão comunidades rurais de Cabrobó, Itacuruba, Petrolândia, Tacaratu e Jatobá, municípios localizados na área de abrangência da Codevasf no estado.

De acordo com o contrato, o prazo previsto para a conclusão de instalação dos sistemas é de 540 dias contados a partir da assinatura da ordem de serviço. “Acredito que a ordem de serviço deverá ser dada nos próximos 10 ou 15 dias. Esta será uma das principais obras na área de infraestrutura hídrica que a Codevasf estará executando em sua área de atuação no estado. Uma ação de grande importância para as comunidades beneficiadas”, disse o gerente regional de revitalização de bacias da 3ª SR, Elijalma Augusto Beserra.

Ao todo, serão sete sistemas construídos que contarão com seis captações flutuantes, mais de 21 mil metros de adutora, uma estação de tratamento convencional e quatro compactas, mais de 37 mil metros de adutora de água tratada, oito reservatórios em concreto armado e cinco metálicos com capacidade para receber 1220 metros cúbicos de água; sete estações elevatórias de água tratada, mais de 102 mil metros de redes de distribuição, além de 1900 ligações domiciliares.

O primeiro sistema ficará na comunidade de Santa Rita, município de Jatobá. O serviço prevê a instalação da captação flutuante; conclusão de assentamento de adutora e rede de distribuição e ligações domiciliares. Será construída, ainda, a estação de tratamento de água e o reservatório metálico, beneficiando 360 famílias.

O segundo sistema, também em Jatobá, será implantado na localidade de Umburanas, com implantação da captação flutuante, construção de casa de comando, conclusão da adutora e da rede de distribuição e ligações domiciliares que permitirão levar água de consumo humano para 330 famílias.

Nas comunidades de Camaratu, Cacheado, Bananeiras, Bem Querer e Saco dos Barros, também em Jatobá, e em Brejo dos Padres e Olho D’água do Julião, na cidade de Tacaratu, ficará o terceiro sistema de abastecimento que levará água para mais de 6 mil famílias. Serão construídas três estações elevatórias para água tratada, conclusão de assentamento de adutora e rede de distribuição, ligações domiciliares, implantação de reservatórios em concreto armado e um metálico.

O quarto sistema de abastecimento que a Codevasf levará para as comunidades rurais de municípios sertanejos de Pernambuco atingirá 3400 famílias que residem em Vila Nova, Salão, Piancó, Lagoinha, Mundo Novo, Barriguda, Logradouro e Serrinha, em Petrolândia, além de Macaco e Espinheiro em Tacaratu.

Haverá a instalação de captação flutuante, conclusão de assentamento de adutora e rede de distribuição e feitas as ligações domiciliares. Também serão construídas as estações de tratamento de água convencional; quatro reservatórios em concreto armando e cinco estações elevatórias de água tratada.

No quinto e sexto sistemas, a água chegará a 100 famílias de Ingazeira e 60 de Poço de Cavalos, ambas em Itacuruba. Ingazeira terá a instalação de captação flutuante e de uma estação de tratamento d’água. Já em Poço dos Cavalos, haverá a instalação de captação flutuante e de uma estão de tratamento de água.

O sétimo sistema contemplará Manguinha, Riacho Fundo, Riacho dos Bois, Barro Vermelho, Eloíta, Pereira e Poço do Angico, todos na zona rural de Cabrobó. Serão 1020 famílias beneficiadas com a instalação de uma estação de captação flutuante.

Fonte: Codevasf

Nenhum comentário:

Postar um comentário